World Bike Tour: passeio de bicicleta no Rio

por Jackie Mota 02.abr.2012

Postamos ontem o vídeo do World Bike Tour, então hoje daremos uma pequena paradinha nos posts sobre o Mochilão para contar como foi o evento e também para fazer uma sugestão de passeio aqui no Rio. O WBT aconteceu nesse domingo, dia 1º, e eu participei do passeio que é organizado em várias cidades do mundo para incentivar o uso da bicicleta para o lazer e transporte. 


O roteiro traçado para o WBT aqui no Rio – da Praia de Copacabana até o Monumento aos Pracinhas, no fim do Aterro do Flamengo – é perfeito para quem quer dar umas pedaladas, ver paisagens lindas, mas não quer ou não está preparado para um grande esforço físico. Apesar de ser uma distância grande, cerca de 12 km, o trajeto nesse sentido, Copa-Centro, é quase plano. No meio do caminho está a paisagem carioca preferida dessa mineirinha aqui: a Enseada de Botafogo. E no finzinho você pode visitar o Monumento e o Museu de Arte Moderna (MAM), que fica um pouquinho mais à frente. 


Para facilitar a vida de quem quer passear de bike nessa área, aos domingos e feriados as pistas do Aterro ficam fechadas para o trânsito de carros. Quem tem bike e quer sair de casa com ela pode, nos fins de semana e feriados, utilizar o metrô com a bicicleta (sempre no último vagão). Quem não tem uma bicicleta pode utilizar o sistema de aluguel, o Bike Rio. Para saber como funciona esse sistema leia o excelente post da Natália, lá no Ziga da Zuca.


O WBT


Para participar do WBT foi preciso fazer uma inscrição online e aguardar um sorteio pela vaga. Quem foi contemplado pôde pagar a inscrição (R$ 200) e assim retirar seu kit de participação – capacete, mochila, squeeze, acessórios para a bicicleta, camisa, número de participação e o cartão para acesso ao passeio que dava direito também à bicicleta.


A entrega das bicicletas foi em Copacabana e eu só consegui entrar para pegar a minha lá pelas 11h, quando já deveria ter largado. 

Muitas bikes estavam com pneus murchos. E muita gente reclamou de bicicletas quebradas, com pedal saindo ou sem freio. A bicicleta que peguei de primeira estava ok, só com pneu murcho. Como havia postos para manutenção em pontos próximos à largada, fui nessa mesmo e enchi os pneus mais à frente. Algumas pessoas também demoraram para escolher suas bicicletas porque acharam que havia modelos diferentes, mas eram todas iguais, mudando só os adesivos.

Na saída também distribuíram bebidas isotônicas para os participantes.




No início do passeio muita gente estava distraída, alguns grupos paravam no meio da pista para conversar, uma confusão. Mas logo após a saída da Praia de Copacabana pela Avenida Princesa Isabel o pessoal parece ter entrado no clima e começou a pedalar de verdade. Nesse trecho havia fitas de segurança para separar as pistas dos carros das dos ciclistas.



De Botafogo em diante as pistas eram exclusivas para as bikes e pedestres. Aí foi só curtir o visual até a chegada, na altura do Monumento aos Pracinhas. 

Na chegada havia um carro de som com um grupo tocando samba, animadores vestidos como mascotes do passeio e distribuição de água. Muita gente aproveitou para tirar fotos ali no monumento. Ó eu toda orgulhosa aí:



Na volta para casa muita gente (como eu) preferiu usar o metrô à bicicleta, não por preguiça, mas porque o sol estava muito forte. Como a saída atrasou muito, a chegada foi já bem depois do meio-dia, com o sol a pino.


Se for fazer esse roteiro prefira ir pela manhã e não esqueça do filtro solar e da água. 


Texto e edição: Jackeline Mota; Fotos: arquivo pessoal

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Somente 02 e 03 de dezembro a Seguros Promo está com VINTE % de desconto! Clique aqui e use o cupom MONDAY (E consiga + 5% de desconto para pagamento via boleto bancário) 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.