Ushuaia por Canon x Samsung SIII

por Jackie Mota 23.nov.2013

 

Muita gente fica na dúvida entre viajar com uma câmera profissional, cheia de recursos, mas também de peso, ou apenas com o celular. Acredito que no fim o que prevalece mesmo é a finalidade que cada pessoa quer dar às fotos, bem como o gosto, a preferência pela maneira de fotografar. Por exemplo, levar um celular é muito mais prático que uma câmera DSLR pelo peso e tamanho, claro, mas também porque ao levá-lo a gente tem acesso a mil outras funções desde calculadora a navegador, passando por bloco de notas.  Se você quer “transmitir” sua viagem nada mais prático. Você fotografa, edita e já posta. Com a câmera o mais perto disso é estar com um leitor de cartão para passar a foto para um Ipad ou netbook.

Por outro lado, se você está aprendendo a fotografar e se diverte com isso, o celular rouba muito da diversão. Ele é muito mais automático, praticamente é apontar e apertar um botão – ou a tela touchscreen. Eu só fotografo no modo manual e o que eu mais gosto é justamente eu mesma fazer a foto. Montar o tripé, ajustar foco, acertar o Iso, a abertura do diafragma até conseguir uma exposição que eu goste. Para mim o prazer está nisso e não apenas em ter a imagem que vi digitalizada. No celular a brincadeira fica toda na edição com os aplicativos. Enquanto com a câmera eu me divirto também depois editando no computador.

Outra desvantagem do celular é a duração da bateria. Até porque você vai usar outras funcionalidades do bichinho, ela vai embora logo, enquanto a bateria de uma DSLR nunca me deixou na mão. E, pessoalmente, eu acho muito mais fácil de perder as fotos tiradas no celular. Por você estar com ele o tempo todo, é mais fácil perdê-lo, deixá-lo cair na privada (#quemnunca?)…. E também é mais fácil de esquecer de fazer backup e ver as fotos irem embora junto com o ladrão, como aconteceu com as minhas fotos de Ushuaia no Iphone =(

Bom, para dar uma idéia de como seria uma viagem retratada pelas lentes de uma Canon 60D ou pela de um Samsung SIII reuni neste post fotos tiradas com os dois em Ushuaia, o lugar mais fotogênico que já visitei. Eu diria que ter os dois aparelhos na mesma viagem, um cada pessoa só acrescentou à nossa viagem. Além das vantagens de ambos tivemos uma nova diversão: a batalha de fotos. E se divertir, afinal, é o que importa, né?

Fotos na Pinguinera com o SIII

ushuaia com SIII032 ushuaia com SIII031

ushuaia com SIII012 ushuaia com SIII024 ushuaia com SIII020 ushuaia com SIII018 ushuaia com SIII028 ushuaia com SIII029 ushuaia com SIII030

 

Quer receber um MiniGuia de Ushuaia em pdf? Basta se inscrever no blog AQUI

Fotos na Pinguinera com a Canon:

jackeline mota ushuaia Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer556 Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer600 Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer654 Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer683 Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer789 Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer799

Agora foto do SIII durante o passeio pelo Canal de Beagle e em seguida foto com a Canon no mesmo local: 

ushuaia com SIII033

Com o SIII

Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer1033

Com a Canon

No Lago Fagnano:

ushuaia com SIII035

Com a SIII (e algum filtro)

Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer1468

Com a Canon

No glaciar:

ushuaia com SIII002

Com o SIII

ushuaia com SIII038

Com o SIII

Viagem argentina Ushuaia como ir onde ficar onde comer o que fazer1916

Com a Canon

Essa foto abaixo foi uma vantagem do SIII: não consegui fazer uma foto tão legal durante o passeio de 4×4. Não dava pra colocar a câmera pra fora da janela, mas com o celular era fácil e taí uma foto legal que com a Canon não consegui fazer:

ushuaia com SIII036

SIII

E para fechar mais uma com o SIII com um aplicativo. Foi tirada durante caminhada pelos lagos e eu adorei.

ushuaia com SIII037

SIII

Texto e edição: Jackie; Fotos: Viaje Sim!

 

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

Economize15% até o dia 31 de janeiro clicando aqui e usando o cupom SOL 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Talita
    28 out 2014

    Oi, Jackie.

    Voltei para deixar meu feedback sobre a câmera em Ushuaia. A Nikon não se comportou bem quando a temperatura bateu 0° e negativas. Ela travava, ficava lenta. Usei um plástico comum para proteger da neve, mas quando chegava na temperatura zero e negativas, ela parecia não reagir. Não cheguei a pesquisar, mas talvez ela tenha alguma proteção interna para reagir assim. Estávamos com uma Sony digital (modelo tradicional) e ela funcionou perfeitamente nas temperaturas negativas e nos salvou, pois registramos lindas paisagens (e a nossa alegria) na nossa primeira vez na neve. Ah, como seu post fala de foto em celular, o celular também funcionou nas temperaturas negativas. Eu não tenho hábito de fotografar com o celular, o meu é um simples L5, e mesmo assim funcionou.

    Abraços.

    • 28 out 2014

      Oi Talita, que bom receber seu feedback! Pena isso da Nikon, hein? Eu estou indo pra Russia agora em dezembro, vou usar minha Canon, vai ser legal pra termos mais uma informação. De qq forma vou pesquisar sobre a proteção de antemão. Eu tenho fotografado mais com o celular. Meu marido pegou o Samsung S5 e ele é maravilhoso. A câmera dele é incrível, usamos muito em NY mesmo estando com a Canon e com a Gopro. Vamos ver nessa viagem quem vai sair vencedor da batalha hahaha (vou levar a Gopro tb).
      bjs!

  2. Talita
    24 abr 2014

    Olá.

    Descobri o site de vocês e agora sigo sempre. Parabéns!! Tudo que escrevem é muito útil. Adoro!

    Estou me planejando a ir para Ushuaia este ano. Fiquei preocupada, pois li em alguns blogs que as câmeras semi podem congelar. Tenho uma Nikon e minha intenção é levar para registrar as belas paisagens. Você teve algum problema com sua máquina por causa da temperatura baixa? Você usa algum tipo de proteção específica? Li alguns relatos de pessoas que cobrem a câmera com plástico. Como você costuma fazer?

    Abraços.

    • 24 abr 2014

      Oi Talita, eu não tomei nenhum cuidado extra porque fui no verão, então nem pegamos nada abaixo de zeo. Em que mÊs vc vai? Se for no inverno, aí sim acredito que vc tenha que tomar alguma precaução.
      abs,

      • Talita
        24 abr 2014

        Eu quero ir no inverno, sim.

        Você sabe me dizer o nome desta proteção da máquina e onde eu compro?

        Grata.

      • 25 abr 2014

        Pelo que vi o problema seria a mudança de temperatura do frio pra interna, com aquecimento. Acho que vc precisaria de uma bolsa plástica (procure por camera bags) pra colocá-la.
        Achei esse link, veja se ajuda: http://www.brighthub.com/multimedia/photography/articles/12476.aspx
        abs,

      • Talita
        26 abr 2014

        Muito obrigada. Bjs.

  3. Monica Costivelle
    27 nov 2013

    Poxa, não precisa esfregar na cara, né?
    Eu tava tão decidida a ser mais leve com o equipamento fotográfico nas próximas viagens… acho que isso não vai acontecer! rs
    Nas minha últimas férias, na Europa, tinha momentos meio ridículos: eu tirando foto com a Rebel e lente 50 mm, depois uma mais aberta com a S95 (compacta) e mais uma com o celular, pra redes sociais, hahaha

    🙂

  4. 25 nov 2013

    eu acho que nada se compara a uma DSLR nas mãos de quem sabe usar bem o modo manual! mas não dispenso as fotos no iPhone bem rapidinhas pra compartilhar na mesma hora hehehehhe

    • 27 nov 2013

      Lê, cadê DSLR com wi-fi, hein? hehehe seria perfeito!
      bjs

      • Talita
        26 abr 2014

        Jackie,

        A Nikon tem DSLR com wi-fi. Tentação, né? Kkkk

      • 26 abr 2014

        A Canon tb, a 70D. Nem fala, fiquei louca rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.