Tour pelo Salar de Uyuni: dia 1

por Jackie Mota 13.mar.2012
 
Oba, finalmente chegamos aos posts sobre a Travessia do Salar de Uyuni. Depois de contratarmos a agência para o passeio (contamos aqui) saímos às 10h30m em um carro dirigido pelo Juan, tendo mais dois casais como companheiros para o esperado Tour de 3 dias pelo Salar de Uyuni. Vale lembrar que o passeio tem esse nome, Tour ou Travessia do Salar de Uyuni, mas o Salar é uma pequena parte do passeio, onde vamos apenas no primeiro dia. Durante os três dias passamos por diversos povoados como San Cristóbal, Agencha e paisagens como lagoas, desertos etc. O mapa do passeio que fizemos é esse abaixo:
 
E a primeira parada é justamente o Salar. Nos dirigíamos para lá quando um policial nos parou e pediu carona até o povoado de Colchani. Não entendemos direito o que havia acontecido, mas parecia que ele ia verificar a morte de alguém (mas não era turista, nos disse o guia). Em Colchani o policial desceu e o guia nos disse que podíamos descer também para uma feirinha de artesanato, mas recusamos e seguimos para o Salar. Não demorou muito para entrarmos no terreno de sal com uma camada de água e para vermos os montes de sal amontoados pelo caminho.
 
Nosso guia nos explicou que somente os moradores de Colchani podem trabalhar na exploração do sal. Os montes são feitos ali para secar o sal, que é levado de Colchani a Oruro e de lá para ser industrializado.
 
Poucos minutos depois paramos no Museo de Sal. O deserto não estava tão branco, segundo o giua, porque havia ventado muito nos dias anteriores e com isso tinha vindo terra.  Fomos tirar fotos e, claro, rolaram aqueles clássicos cliques “divertidos”. Ao lado do museu de sal há um espaço com várias bandeiras. A brasileira, bem pequena, está lá =)
 
 

 

 

 

 

 

 
Algum tempo depois o guia nos chamou para almoçar. Nosso “restaurante” estava montado na traseira do carro. A comida era quinua (gostosa!), bife de porco (beeem grandão), tomate e pepino. De sobremesa, bananas. E coca-cola para beber. Ah, a quinua é plantada ali na região mesmo e colhida uma vez por ano, em junho. Mais adiante passaríamos por um campo de quinua.

 

 

 
Fomos então tirar fotos em grupo e aí começamos a interagir com nosso companheiros de viagem. Um casal era neozelandês e o outro suíço. Depois desse momento não faltou assunto entre nós.
 
A seguir, entramos no carro e fomos para outra parte do Salar, onde havia mais montes de sal e a camada de água estava maior. Tiramos nossos sapatos e nos divertimos.
 
 
 
Depois, carro. Passamos por Uyuni novamente, já que por conta da água tivemos que seguir pelas margens do Salar, e seguimos em frente rumo ao Cementerio de Trenes. Ficamos um bom tempo lá brincando entre os trens abandonados. Tiramos fotos e gravamos as “cenas” do nosso videozinho a la Indiana Jones, lembram dele?
 
 
 

 

 

Saindo do Cementerio já era meio da tarde e nos dirigimos para nosso alojamento. Deixamos as mochilas no quarto, tomamos um café com biscoitos e fomos dar uma volta enquanto o sol se punha. Havia um campo com criação de lhamas pertinho e ficamos lá olhando as bichinhas e tentando abraçar uma baby lhama.

 

Voltamos para o alojamento e eu corri para tomar um banho. Havia água disponível, incluída no pacote, mas para tomar banho quente era preciso pagar 10 bolivianos. Paguei sem pestanejar e tomei um delicioso banho. Quando saí do banheiro a menina suíça me procurava para ouvir a “música brasileira”. Traduzindo, Michel Teló e seu onipresente “Ai, se eu te pego”.

Fomos então jantar. Sopa de legumes com pão, coxa com sobrecoxas de frango assadas acompanhadas de batatas, tomate e banana. Tudo estava gostoso, quentinho e suficiente para todos comerem bem. Depois do jantar servem café e chá. E há outras bebidas que podem ser compradas ali como cerveja e vinho. Também são vendidos itens como papel higiênico, água em galão e biscoitos.

Depois disso conversamos um pouco enquanto ouvíamos música brasileira no rádio, coloquei minha câmera para carregar (yay!) e depois fomos pro quarto porque estávamos exaustos. A luz do local é desligada às 22h, mas nem vimos quando desligaram.

No dia seguinte acordamos às 7h, nos arrumamos, embarcamos as mochilas e tomamos café antes de partir.

 
 
 
Quarto coletivo do alojamento 1: muitos cobertores disponíveis
 
O banheiro do alojamento no fim da noite, depois dos banhos
 
 
 
Café da manhã no alojamento 1
 
Continue lendo sobre Uyuni:
 
 

Seguro com desconto à vista, em reais e parcelado:

 

 
 
instagram viajesim

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Somente 02 e 03 de dezembro a Seguros Promo está com VINTE % de desconto! Clique aqui e use o cupom MONDAY (E consiga + 5% de desconto para pagamento via boleto bancário) 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Cesar
    22 maio 2016

    Olá, estarei aí no final de dezembro deste ano, vou de carro próprio HB20, consigo conhecer o Salar de Uyuni sozinho sem problemas?? Parabéns att Cesar

    • 31 maio 2016

      Oi Cesar, ate onde sei, ir por conta é perigoso porque vc pode se perder no deserto. Ja ouvi historias de gente perdida por la mesmo com guias locais. Acho que no seu caso seria bom ter um guia local com vcs no carro. abs,

  2. John Pablo
    27 abr 2016

    Olá! Estou planejando ir em dezembro deste ano. Li todo seu posto. Mas afinal, quanto sairá mais ou menos essa viagem em real?

    • Cesar
      22 maio 2016

      Olá Amigo, também vou em dezembro deste ano, podemos combinarmos e se encontrar lá, vou de carro próprio.

  3. Franciely
    25 dez 2015

    Ei Jackie….

    Vou pra Uyuni em janeiro/2016 e tenho dúvidas em relação aos calçados que devo levar =\

    Pelas fotos da p ficar descalço, é isso mesmo? Ou é melhor ir de bota impermeável??
    No outro post não entendi sobre o clima de janeiro, uma hora vc diz q levou roupas de frio, mas q a noite não passou frio…. rs

    Vc pode me esclarecer??

    Valeuuu!

    • 28 dez 2015

      OI, entao, no salar vc pode ficar descalça sim, pra sentir o chão de sal, se quiser.
      porem, a bota impermeável é útil pra viagem pq se chover vc não fica com o pé molhado o tempo todo. Por ser um deserto, durante o dia esquenta e à noite a temperatura cai muito. entao faz sim muito frio à noite. o que comentei foi que antes de ir muita gente tinha dito que nos alojamentos os cobertores não davam conta, mas no nosso caso havia cobertores suficientes, então não passei frio no quarto.
      bjs!

  4. guilherme
    14 nov 2015

    chegando as 8 da manhã. O tour contrata na hora e sai no mesmo dia?

    • 17 nov 2015

      Guilherme, depende de ter vaga em algum grupo ainda. Os tours saem um pouco mais tarde, entao se ainda houver vaga, vc vai no mesmo dia sim. Nós conseguimos fazer isso. boa sorte!
      abs,

  5. Tamires
    20 set 2015

    Olá, em qual época vocês foram? Obrigada.

    • 21 set 2015

      Fevereiro. abs

    • gisele
      12 out 2016

      olá gostaria de ver o salar alagado, a melhor epoca é janeiro?

      • 17 out 2016

        Oi Tamires, sim, no verão, janeiro, fevereiro, é qd se tem mais chances, mas não é garantido.
        Abs e boa sorte!

  6. Flávio
    17 set 2014

    Boa tarde,

    Vou para o salar por volta do dia 15 de janeiro, ele já estará alagado como nas fotos?

    Tenho muita vontade de conhecer dessa forma, qual dia exatamente iniciaram a viagem por Uyuni?

    Obrigado!!

    • 17 set 2014

      Oi Flávio, acho que embarcamos no dia 8 e o salar foi nossa terceira parada (voltamos dia 28 de janeiro).
      Mas a questão da água depende do ano, não é sempre que alaga e às vezes alaga MUITO, aí não dá nem pra entrar no salar. Sugiro monitorar as chuvas na região a partir de novembro.
      boa sorte e boa viagem!
      abs,

  7. Graziela
    31 ago 2014

    Olá, tudo bem!
    Adorei as dicas!
    Gostaria de saber se existe alguma opção com banheiro privativo em algum Hotel/alojamento?
    Bjos

    • 31 ago 2014

      Oi Graziela, até onde sei não tem não, mas eu realmente vou ficar te devendo essa certeza, viu? Eu realmente não vi nada assim quando fomos, mas pode ser que exista, até pq tem alguns anos que eu fui.
      bjs,

    • 31 ago 2014

      Graziela, achei que nesse hotel aqui tem sim quartos com banheiro privativo: http://www.palaciodesal.com.bo/rooms.htm
      -)
      abs,

  8. Marcela
    20 abr 2014

    Olá,
    Vocês foram em que mês e época pra o Salar?
    Obrigada

  9. Gabriela
    31 mar 2014

    Olá, bom dia tudo bem?

    Gostaria de saber com que agência fizeram o passeio a Uyuni e se com esta agência conseguiram locais para tomar banho em todas as noites.

    Obrigada
    Gabriela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.