Terrorismo em Paris: como ficam viagens para capital francesa

por Jackie Mota 15.nov.2015

Os atentados terroristas em Paris nesta sexta-feira, 13 de novembro, chocaram o mundo. A decisão do governo francês de declarar estado de emergência, fechar as fronteiras do país e instituir luto oficial deixaram apreensivos e com dúvidas os turistas com viagem agendada ou quem planejava ir à capital francesa. Até agora, domingo, 15 de novembro, a maior parte das empresas de transporte já divulgaram orientações e as dúvidas maiores são quanto ao funcionamento das atrações turísticas, que seguem fechadas hoje. A situação deve ficar mais clara com o início da semana. Lembre-se que, é importante procurar sempre informações em fontes confiáveis, de preferência, direto com autoridades e nas empresas prestadoras de serviço – muitas informações falsas ou incompletas são compartilhadas pelas redes sociais, por isso cheque sempre. Para ajudar aos que planejam sua viagem, reuni neste post as informações oficiais disponíveis na manhã deste domingo, 15 de novembro. Caso haja novas informações, atualizarei este post, informando a data da inclusão dos novos dados.

viagem agendada a paris após atentados o que fazer

Foto tirada em junho de 2015

O que significa a França estar com fronteiras fechadas?

Apesar do que o nome sugere, estar com as fronteiras fechadas não significa que ninguém entra ou sai da França, mas apenas que um controle total das fronteiras foi estabelecido. Portanto, foi instituído controle para onde antes não havia, como para viagens dentro da Área Schengen. Há postos de controle do trânsito de pessoas, portanto, em todos os pontos de entrada e saída no país, nas rodovias, no mar e nos aeroportos, onde agentes oficiais pedirão documentos que permitam o trânsito do indivíduo, como um passaporte ou documento de identidade aplicável.

Já o estado de emergência que está em vigor na França é um dispositivo legal (Lei n° 55-385 de 3 de abril de 1955) que concede às autoridades poderes excepcionais como decretar toque de recolher, limitar o movimento de pessoas e proibir aglomerações, estabelecer áreas seguras, fechar espaços públicos e realizar buscas em casa sem necessidade de mandado judicial.  Ou seja, o governo passa a ter amparo legal para adotar uma, algumas ou todas essas medidas. O Estado de emergência pode durar no máximo 12 dias na França; após esse prazo, o parlamento nacional precisa aprovar uma extensão.

Vôos saindo do Brasil 

Vôos com a Air France

A Air France informou que seus vôos estão mantidos, mas alertou que como há um maior controle nas fronteiras, os passageiros devem portar documentos de identificação válidos e se programar para uma maior demora nos procedimentos nos aeroportos.

A companhia também disponibilizou a opção de adiar até 22 de novembro, sem custo extra, vôos de e para a França Continental – Paris e todos os aeroportos domésticos agendados originalmente para o período de 13 a 16 de Novembro. A mudança pode ser feita no site da empresa ou com um agente de viagens. Para adiar a viagem para datas além de 22 de Novembro ou mudar a origem ou destino, ou ainda cancelar a viagem, o passageiro poderá obter um voucher não reembolsável da Air France, KLM ou Hop com validade de um ano. Leia a íntegra do comunicado da Air France aqui.

Vôos com a TAM

A TAM também informou que segue com sua operação no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris. Até o momento, nenhum vôo foi cancelado. A empresa também divulgou que passageiros com viagem desde e para o aeroporto de Charles de Gaulle, em Paris, de 14 a 30 de novembro poderão utilizar as seguintes políticas comerciais:
1. Solicitar o reembolso da passagem sem nenhum custo, desde que o bilhete esteja válido;
2. Antecipar ou postergar a data da viagem na mesma classe de serviço por até 15 dias após a data do vôo original, sem cobrança de multa. Aqueles que queiram reprogramar suas viagens podem entrar em contato com a Central de Reservas e Informações da TAM ou comparecer a uma das lojas da companhia. A nota completa da TAM você pode ler aqui.

Trem Eurostar

O Eurostar divulgou que o serviço está funcionando normalmente, mas alertou que aconselha seus passageiros a fazer o check in UMA HORA antes do horário de saída, em vez dos 30 minutos habituais. A empresa também informou que permitirá a troca de bilhetes sem custo apenas para viagens agendadas originalmente para os sábado, 14, e domingo, 15. Viagens agendadas para datas posteriores podem ser remarcadas de acordo com as regras originais do bilhete. Contato com a Eurostar no telefone on 03432 186 186 das 9h às 17h.

Para quem está na França 

A assessoria de imprensa do Itamaraty orienta os brasileiros que já estão na França e aqueles que chegam agora ao país a seguir as orientações das autoridades locais. O Consulado-Geral do Brasil em Paris está acompanhando de perto a situação para prestar apoio aos cidadãos brasileiros e disponibilizou um telefone em que atende em regime de plantão. Anote: +33680123234.

Atrações turísticas

Os monumentos nacionais situados na Ile de France foram fechados nos dias 14, sábado, e domingo, 15. Em suas páginas no facebook, o Museu do Louvre e a Torre Eiffel registraram a informação, também presente no site do Arco Do Triunfo. No entanto, não foram divulgadas ainda informações sobre o funcionamento na próxima semana.

Captura de Tela 2015-11-15 às 11.19.18Captura de Tela 2015-11-15 às 11.20.13

Para mais informações, acompanhe os informes na fanpage da Torre Eiffel e na  fanpage do Louvre. Acompanhe também os informes no site do Ministério da Cultura e Comunicação.

Disneyland Paris informou em seu site que permanecerá fechada na segunda-feira e na terça-feira, dia 17. Informações aqui.

Palácio de Versailles divulga em seu site que ficará fechado também na segunda-feira, dia 16.

Na Catedral de Notre Dame haverá uma missa às 18h30 neste domingo, 15, em memória das vítimas dos ataques.

Cancelo minha viagem à Paris?

Minha resposta a essa pergunta vai no mesmo sentido do belo texto que o Ricardo Freire postou no Viaje na Viagem sobre os atentados. “Mas eles não vencerão. Passado o luto, e em respeito à memória de quem perdeu a vida de maneira tão covarde, continuaremos a sair, a beber e a nos divertir. Qualquer outra reação significaria capitular”. Não capitulemos. Que cada vez mais pessoas viajem e que possamos, cada vez mais, aprender a respeitar e a conviver. Espalhemos essa filosofia pelo mundo.

 

Eu quero a newsletter do Viaje Sim!

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela. Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil. O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post. E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem, onde você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto. Compre já e economize!
  • HOSPEDAGEM: Hotéis e apartamentos com o Booking.com; Hotéis que aceitam cachorro com o Booking.com; Quartos e aptos no Airbnb – ganhe R$ 130 em sua 1ª reserva usando nosso link
  • PET SHOP: Tudo para seu cachorro na ZenAnimal – usando o cupom VIAJESIM você ganha 5% de desconto 
  • CÂMBIO: compare as cotações nas casa de câmbio da sua cidade com apenas um clique, faça sua oferta e troque moeda com segurança na Melhor Câmbio
  • PASSAGENS AÉREAS: compare preços com a Passagens Promo
  • CHIP DE CELULAR: Chip de celular internacional para internet e/ou dados Easy Sim 4u 
  • INGRESSOS: museus, parques e shows pelo mundo com a WePlann
  • PARIS: guias que falam português Na França entre Amigos 
  • USHUAIA: passeios com a Brasileiros em Ushuaia
  • AMAZONGuias de viagem, Kindle e outros produtos da loja brasileira 



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Ótimo post!

  2. Marina Abreu
    23 nov 2015

    Boa tarde. Ja fui a Paris várias vezes, é o lugar que mais amo nesse mundo. Estou com passagens compradas para ir com meu marido, meu enteado e meu filho de 5 anos. Até hoje permanecia firme no propósito de ir, mas acabei de ver a ameaça contra a Torre Eiffel… Sei que devemos continuar nossa vida, mas levar meu filho de 5 anos para um ambiente desse esta me deixando aflita… Não sei o que fazer…

    • 25 nov 2015

      OI Marina, então, EU não mudaria a viagem. Mas como vc disse no texto, vc esta aflita. Acho que quando a gente quer viajar, especialmente em família e com crianças, ne, quer mais é sossego, leveza, fugir da rotina de estresse. Se está te afligindo, pense em opções. Que tal ir a Paris apenas um dia e conhecer cidades próximas ou uma região da franca que não conhece ainda? Eu acredito que a segurança agora esta em alerta máximo, mas é claro que ninguém pode garantir que não va ocorrer nada (como em qualquer lugar do mundo, né). Mas a minha questão aqui é que devemos fazer o que nos deixa em paz. Em termos práticos, eu te digo que não há motivos pra desmarcar a viagem, mas o melhor é mesmo escutar seu coração , viu? Um beijo,

  3. Gustavo
    22 nov 2015

    Bom dia, adorei o post, estou com uma viagem programada para 1/2/1016, meu roteiro é amsterdan, Bruxelas e paris, estou meio receioso, pois a mídia brasileira “aumenta” muito sobre o que está ocorrendo, e com isso nos deixou apreensivo quanto a essa viagem, o que você acha? Devemos mudar o roteiro? Ou será que daqui pra lá a cidade vai estar mais segura? Abracos

    • 25 nov 2015

      Oi Gustavo, eu não mudaria não. Todos os blogueiros viajantes que conheço, inclusive quem mora nessas cidades, recomendam também seguir com a vida. Acredito que a segurança estará sim aumentada e não apenas nessas cidades, mas em todas que se sintam possíveis alvos, como NY (os eua anunciaram que já aumentaram seu nível de segurança). Abs!

  4. Saraiva
    18 nov 2015

    Ola, bela postagem.
    Embarco dia 10/12 para LISBOA, MADRI E PARIS, chegando em Paris dia 17/12. Estamos ha um ano planejando e agora isso. Oq Vc acha, na atual situação da para encarar ??

    • 21 nov 2015

      Oi Saraiva, vá sim! As cidades estarão com a segurança super reforçada. Apenas programe-se para chegar bem cedo em aeroportos e staçòes de trem, pois por conta do reforço na segurança os embarques tendem a demorar um pouco mais que o normal, ok?
      abs e boa viagem!

  5. Marcelo
    16 nov 2015

    Ótima postagem!!
    Você saberia me dizer se existe reembolso para ingressos da Disney? minha Mãe e irmã estão em paris, falam pouco ou quase nada de espanhol somente, perderam todos os dias que teriam para ir aos parques com o fechamento pois virão embora dia 19 e dia 18 já estão com Eurotrem Comprado, ou seja, compraram 3 dias para disney e não conseguiram ir nenhum :(… Sabe se existe alguma possibilidade de reembolso??? Se puder ajudar fico muito agradecido!!!
    Mais uma vez parabéns pelo Post.

    • 17 nov 2015

      Olá Marcelo, fico feliz em saber que o post foi útil e, principalmente, por saber que seus familiares estão bem.
      Olhe, pelo que pesquisei, a Disney só irá se pronunciar sobre a decisão acerca dos bilhetes a partir do dia 18, quarta-feira, que é quando ela reabre. Fique de olho no site deles, que provavelmente haverá alguma notícia por lá. Abs!

      • Márcia
        24 nov 2015

        Olá, boa tarde.
        Não vi nenhuma pronuncia da Disney. Por gentileza, você tem alguma informação sobre os reembolsos de ingressos ?
        Obrigada.
        Márcia

      • 25 nov 2015

        Oi Marcia, eu enviei um email para o atendimento de impressa da Disneyland pedindo a informação, ja que ha vários leitores interessados. Isso foi ontem, no entanto, ainda não me responderam. Com quem vc comprou os ingressos? Direto no site? Se vc tiver comprado por alguma agencia ou site intermediário, te sugeriria também entrar em contato com eles.
        Por enquanto, é a orientação que posso te dar. Recebendo uma resposta da Disneyland, publicarei aqui, ok?
        grande abraço,

  6. Guy
    15 nov 2015

    Muito obrigado pela excelente postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.