Os passeios em Los Roques

por Jackie Mota 29.jul.2014

Em Los Roques, um paraíso na Venezuela, não tem como errar na escolha do passeio: todas as ilhas desse arquipélago são lindíssimas. Aqui no blog já fizemos um resumo apresentando este destino e mostrando tudo o que você precisa saber para ir a esse paraíso. Hoje eu divido o nosso roteiro de 6 dias , mostrando os passeios em Los Roques que fizemos e as ilhas de que mais gostamos.

Dia 1 –  Francisquí

Os passeios em Los Roques saem da ilha principal, Grand Roque, onde você provavelmente ficará hospedado, de manhã cedo e precisam ser reservados na véspera, especialmente os que vão para as ilhas mais distantes. Então quando você chega no primeiro dia, a maioria das opções disponíveis são as ilhas mais próximas. Francisquí é uma delas e já te mostra de cara que não tem opção ruim em Los Roques.

São duas ilhas – Francisquí de Arriba e Francisquí Medio -, que se interligam por uma barreira de arrecifes. Aqui é possível praticar snorkel, windsurf e caiaque. Não deixe de dar uma volta à pé pela ilha, pois, além de restaurante, Francisquí tem paisagens interessantes formadas por ruínas, bem bacana para quem curte fotografia.

Francisquí em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos392 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos377 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos380 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos309 Dicas de Los Roques Como chegar pousada e passeios Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos335 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos275 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos265 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos186 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos247 Dicas de Los Roques Como chegar pousada e passeios

Dia 2 – Cayo d’água | Dos Mosquices (Tartarugas) | Espenquí

Para o segundo dia, escolhemos ir logo a uma das ilhas que os turistas mais curtem: Cayo d’água. O motivo da badalação é esse cenário aí abaixo. Tirar uma foto neste ponto é praticamente um souvenir obrigatório entre os turistas:

Dicas de Los Roques Como chegar pousada e passeios

Cayo D’água fica a cerca de 1h -1h30m de navegação de Grand Roque e para ir até lá é preciso que não haja ventos muito fortes – o tempo de viagem dependerá do clima. Por isso a recomendação é tentar ir logo nos primeiros dias, pois se o tempo ficar ruim no final de sua viagem você não conseguirá ir. Cayo d’água é lindo, especialmente este trecho da foto, e a ilha está sempre nas listas das mais bonitas do mundo. Na minha opinião, Cayo D’água não é o lugar mais bonito de Los Roques, pois eu prefiro os pequenos vapores, mas sem dúvida é o mais famoso. Mas minha preferência por bancos de areia tem um motivo que talvez não faça a menor diferença para a maioria das pessoas: por lá não existem  guaripetes.

Em Cayo D’água eu conheci, logo no segundo dia, o único defeito de Los Roques: os guaripetes. É assim que eles chamam os pequenos lagartos que vivem na areia das ilhas. Assim que os turistas chegam na praia, eles saem do meio das plantas e tentam apanhar restos de comida na areia. São muitos, muitos, muitos, mas inofensivos, basta uma pisada mais forte no chão e eles saem correndo para as plantas novamente. Mas para quem tem fobia de lagartos é um pesadelo ficar vendo esses bichinhos indo e voltando na areia! Os únicos locais onde eles não estão são Grand Roque e nos bancos de areia, ilhotas pequenas e que não têm vegetação. Em todas as outras ilhas eles estão e fazem questão de aparecer, entrando até nos restaurantes.

Mas, para quem tá nem aí para guaripetes (ou seja, se você é normalzinho da cabeça), vale muito a pena ir a Cayo D ‘água pela paisagem. Só não espere uma ilha deserta ou encontrar esse ponto aí esperando vazio para você tirar sua foto-souvernir clássica de Los Roques. Mesmo na baixa temporada haverá turistas na ilha, pois ela é uma das mais conhecidas e desejadas, você não vai estar sozinho por lá com certeza. Ah, em um dos cantos da ilha dá para fazer um bom snorkel.

No nosso passeio, paramos em Dos Mosquices na ida para Cayo D’água – o que é perfeito para quebrar a longa viagem. Aqui existe um projeto de conservação das tartarugas. Você pode optar por visitar o centro de conservação ou esperar no barco, não é obrigatório. A entrada é em bolívares, bem baratinha. Mas a estrutura é bem simples, praticamente um galpão com os tanques com as tartarugas. Há uma explicação rápida sobre o projeto de conservação. Não espere nada organizado demais, mas gostei de saber que um local tão lindo já possui algum tipo de projeto para minimizar o impacto da chegada dos turistas sobre o meio ambiente.

Na volta de Cayo D’água também fizemos uma parada, mais rápida, dessa vez em Espenquí. A ilha é bonita, como todas, mas padrão “normal” para Los Roques. Alguns turistas haviam passado o dia lá e voltaram no nosso barco e o que me pareceu é que é uma boa opção para quem procura uma “ilha deserta”.

Dos Mosquices em fotos:

Dicas de Los Roques Como chegar pousada e passeios Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos548 Dicas de Los Roques Como chegar pousada e passeios Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos567 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos558

Cayo D´água em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos837 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos661 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos636 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos951 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos727

Dia 3:: NoronquíCrasquí |Laguna de Rabuskí (Estrela do mar)

No terceiro dia fizemos mais um passeio que incluía diferentes ilhas: a maior parte do dia foi em Crasquí, mas na ida paramos em Noronquí e na volta na Laguna de Rabusquí.

Noronquí era mais uma ilha padrão “normal”. Já Crasquí eu gostei bastante e é um dos points do arquipélago para comer lagosta – que custa bem barato em Los Roques. Eu adorei nossa tarde aqui e a família que mantém o restaurante em que comemos, que era bem simples, era super simpática. Conversamos um tempão com eles, muito agradável.

Por último, a Lagoa de Rabusquí é o local para se ver as estrelas do mar. Eventualmente a gente vê uma ou duas estrelas em qualquer ilha, mas aqui nesse Lagoa há uma população enorme delas. O barco pára e a gente mergulha e dá para ver várias de uma vez. Fique atento às instruções dos guias para pegá-las sem fazer mal aos animais, ok?

Noronquí em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1090 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1095

Crasquí em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1170 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1155 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1199 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1254 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1263 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1210

Laguna de Rabusquí em fotos:

passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1311 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1326 passeios em los roques

Dia 4:: Passeio Charter: Carenero | Augustín | Sarquí | Francisquí de Arriba

Nosso quarto dia em Los Roques era o último do casal com quem estávamos passeando, então optamos por fazer um passeio com barco particular, ou charter. Foi ótimo! Além das ilhas em que paramos, podíamos pedir para parar a qualquer momento para fotos e pudemos levar a prancha de stand up paddle que alugamos na Pousada Corsária.

Nossa primeira parada foi em uma das minhas ilhas preferidas de Los Roques: Carenero! No quesito beleza, para mim está entre as top de um lugar que já é fora de série como Los Roques. Chegamos lá cedinho e estava completamente vazia, a perfeição da imagem de ilha paradisíaca. Aproveitamos para fazer snorkel, um pouco de stand up e babar na paisagem.

Em seguida fomos para Augustín, que também era bonita, mas o principal atrativo era um restaurante local, mega bem recomendado por todos. No entanto, como não tínhamos feiro reserva antecipada, não pudemos almoçar lá. Uma pena! Então fomos dar uma olhada em Sarquí, antes de rumarmos para a última parada do dia, que foi Francisquí de arriba, onde almoçamos e fizemos stand up paddle.

De volta à Grand Roque, subimos até o farol da ilha e observamos a noite cair sobre o pequeno povoado. O caminho é bem fácil, mas recomendo utilizar tênis, especialmente porque a descida é no escuro total.

Carenero em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1468

Nosso barco para o passeio privado

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1492 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1531 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1553 passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1612 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1650 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1660

Augustín em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1744 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1748

Francisquí de Arriba em fotos: 

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1825 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1772 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1814 passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1776 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1807 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos1795

Vista do Farol:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2102 passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2117 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2145

Dia 5:: Boca del Lobo | Sebastopol | Bajo Fabián

Sem dúvida meu roteiro preferido foi o do dia 5. Fomos direto para Boca del Lobo, que é um banco de areia, ou seja: no guaripetes! hehehe Além disso, a paisagem era mesmo deslumbrante. No meio do oceano, pequenino, bem como eu gosto e com muitos recifes. Depois de um tempo por lá curtindo o sol, pegamos o barco para ir a Sebastopol fazer snorkel.

Sebastopol é um ponto de mergulho bem pertinho da barreira de corais que fica ao redor de Los Roques. A viagem de barco até lá também é mais longa, quase 1 hora e no caminho o piloto passou por entre um “manguezal” lindíssimo. Não sei qual seria o nome na verdade, pois não tinha lama, mas vegetação dentro da água e muitas aves.

Sebastopol é um espetáculo. Você fica ali, nas águas clarinhas, fazendo seu snorkel de boa e do lado de lá o mar quebra violentamente nos corais. Pena que na época ainda não tínhamos uma câmera subaquática, porque vimos muitos peixinhos coloridos por ali, mesmo só de snorkel. Vale muito a pena ir até lá.

Na volta, ficamos o resto do dia em Bajo Fabián, outro banco de areia, ou seja, só um montinho de areia, sem guaripetes. A paisagem também era linda, com muitos corais ao redor da ilhota.

(Caminho e) Boca del Lobo em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2326 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2330

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2388 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2408 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2416

Sebastopol em fotos:

Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2424 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2427

Bajo Fabián em fotos:

passeios em los roques passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2562passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2571 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2619

Dia 6:: Madrisquí | Cayo Pirata

No último dia, como sairíamos de Grand Roque no fim da tarde, fomos para a ilha mais próxima de Grand Roque, Madrisquí. De lá dá para ir andando a Cayo Pirata, onde há um restaurante para almoço.

Madrisquí em fotos: 

passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2709 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2710 passeios em los roques Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2745 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2770 Los Roques Venezuela dicas pousada passeios vôos2808

Leia também: Los Roques – tudo o que você precisa saber para ir ao paraíso

Como chegar a Los Roques

Texto: Jackie; Fotos: Viaje Sim!

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Até dia 21/11 a Seguros Promo está com QUINZE % de desconto! Clique aqui e use o cupom BLACK 

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Fernanda Goulart VIncensi Freire
    12 ago 2016

    Realmente é um lugar lindo. Estive duas vezes lá com meu marido. Na próxima quero levar meu filhinho. É um verdadeiro paraíso na terra.

  2. Adriana Balbino
    05 ago 2016

    oi, Parabens pelo post. gostei mt e bem explicativo. Quero ir com meus filhos de 3 e 4anos. qual lugar que vc recomendaria? a foto que vc tirou do cayo de agua, tinha mt gente? em relacao aos passeios de barcos temos que fazer reservas antes? obrigada desde ja. Adriana do Rio de Janeiro. morando em Haia _ Holanda

    • 06 out 2016

      Oi Adriana, Cayo de Agua é onde tinha mais gente, mas mesmo assim é muuuito pouca gente comparado com qq lugar de praia em que ja fui rs
      Além disso, é uma ilha, não tem mt pra onde as crianças “sumirem”. Recomendo todos os casos, mas talvez com criança seja bom ir nos que tem restaurante. A agua é calma na maioria dos cayos.
      Nao precisa reservar os passeios antes não, vc pode reservar la na véspera. A noite ja deixa reservado pra manha seguinte. se não, pega no píer pela manha mesmo.
      abs!

  3. Keyci
    21 abr 2016

    Gostaria de saber um detalhe: Pra ir aos passeios , enfrenta o alto mar ? Tipo, o barco bate e pula com as ondas ?

    • 22 abr 2016

      Oi Keyci, sim, vai a alto mar. Tem ilhas bem perto de gran roque, tipo 5 minutos de barco, percurso bem tranqüilo, e tem ilhas mais longe, que inclusive só dá pra ir em dias em que o mar está calmo, sem muito vento, senão pula muito. abs,

  4. Andre
    18 jan 2016

    Olá, gostaria de saber se eu for por contar propria eu consigo pegar o hotel lá na hora. Se o hotel é pago só em Dolar ou na moeda local?
    Está em meus destinos esse arquipelago 😀

    • 20 jan 2016

      Oi Andre, depende da época, se é alta temporada ou não, mas no geral
      e possível conseguir hotel na hora sim, especialmente se vc não fizer questão de um hotel específico.
      O hotel costuma ser pago em dólar.
      Abs,

  5. Paula
    15 set 2014

    Que paraíso, estou encantada!!

    Quero passar minhas ferias em Marco/2015 lá,já comecei a pesquisar,porém estou um pouco perdida…Como são agendados os passeios por lá?É através da pousada?

  6. Ellen Ribeiro
    22 ago 2014

    Que lugar sensacional! Com certeza será uma das minhas próximas trips. Mas a deste ano será para o Peru. Estou precisando de um bom seguro viagem. Alguém pode indicar? Bj

    • 22 ago 2014

      OI Ellen, você pode pesquisar seguro de viagem aqui no blog mesmo, com a Real Seguros. Ali na lateral da direita do blog tem uma caixa de pesquisa que vc pode usar – e nós recebemos uma comissão.
      abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.