O que fazer em Guimarães: jantar com vista incrível no Hotel da Penha

por Jackie Mota 11.jan.2019

Guimarães, considerada o berço de Portugal, é uma parada imperdível em um roteiro pelo Norte do país. A cidade tem um centro histórico charmoso, que é Patrimônio Histórico da Humanidade, e atrativos como seu famoso Castelo. Mas há muito mais para curtir na cidade. Um programa super agradável que amamos fazer por lá e que nunca vi ninguém dando a dica foi subir ao Monte Penha de teleférico, visitar o Santuário da Penha, assistir o sol se pôr do Mirante e depois jantar no Hotel da Penha. Por lá você desfrutará de uma vista incrível e de um ambiente e cardápios super tradicionais, incluindo um bacalhau digno da fama do país. Confira os detalhes sobre o que fazer na cidade e programe um jantar com vista inesquecível em Guimarães.

Igreja do Santuário da Penha à noite

O Santuário da Penha, no alto do Monte da Penha, à noite: mirante perfeito para o pôr do sol e ao lado de um restaurante super tradicional

O que fazer em Guimarães: Teleférico até o Monte da Penha

O Monte da Penha é o ponto mais alto de Guimarães e compreende uma extensa área verde, além de contar com atrações como o Santuário de Nossa Senhora do Carmo da Pena e o Hotel da Penha.

Para acessar o topo do Monte é possível usar carro por uma estrada sinuosa ou você pode subir de teleférico. Nesse caso, o percurso leva cerca de 10 minutos para atingir os 400 metros de altitude do Monte e custa 5 euros (ida e volta). 

Em geral o teleférico funciona entre 10h e 17h, com saídas a cada 30 minutos. No entanto, há variação nos horários dependo da estação e feriados, por isso, consulte previamente horários e valores atuais no site oficial do Teleférico

Teleférico que leva ao alto do Monte da Penha, em Guimarães. Ida e volta custam 5 euros

Teleférico que leva ao alto do Monte da Penha, em Guimarães. Ida e volta custam 5 euros

Ao desembarcar do Teleférico você seguirá um pequeno trecho em subida até o  Santuário da Penha. Há também diversas trilhas que seguem para o parque, com grutas e escadinhas em pedras. No verão a região é muito procurada por ser bastante fresca.

A igreja, em estilo art decô, foi inaugurada em 1947. O Santuário é lindo durante o dia, mas também à noite. Nos fundos há um canal de água que torna o ângulo super fotogênico. E logo em frente ao Santuário está um mirante perfeito para admirar – e fotografar – o pôr do sol.

Santuário da Penha visto durante o dia: arquitetura moderna com linhas retas

Santuário da Penha visto durante o dia: arquitetura moderna

Santuário da Penha à noite visto pelos fundos, onde há um canal de água

Santuário da Penha à noite visto pelos fundos, onde há um canal de água

Viajando Portugal de carro? Não perca nossas super dicas

O que fazer em Guimarães: Jantar com vista no Hotel da Penha

Para completar o passeio a dica é andar poucos metros até o Hotel da Penha. A casa possui um restaurante aberto ao público em funcionamento desde 1905. O ambiente é super tradicional, com amplas janelas que descortinam a vista da cidade. A culinária também é bem tradicional. Um dos pratos mais famosos ali são os filetes de pescada. Outra opção que vale a pena provar é o bacalhau.

Nós amamos o nosso jantar. Quando terminamos, como o Teleférico já estava fechado, o hotel chamou um táxi para nós. Fomos direto até a estação de trem, onde pegamos o comboio de volta para o Porto.

Você também pode se hospedar no Hotel da Penha. É possível fazer a reserva pelo Booking.

Vai viajar no inverno? Veja o que levar na mala e como se vestir

Dicas práticas para visitar Guimarães

Como chegar a Guimarães

 

É muita fácil chegar a Guimarães saindo do Porto. A estação da cidade é a última da linha metropolitana que sai da Estação de São Bento, bem no centro do Porto, e conta com cerca de 15 saídas diárias. A viagem leva cerca de 1h15 e custa 2,20 euros.

Você pode consultar os horários e tarifas atuais no site da rede de trens portuguesa.  

Quanto tempo ficar em Guimarães

 

Com a facilidade de chegar a Guimarães vindo do Porto, a cidade é um ótimo passeio bate-volta. Ou seja, você sai de manhã do Porto, passa o dia em Guimarães e volta para dormir no Porto.

Não indico dividir o dia entre Guimarães e outra cidade da região, pois há bastante para se visitar por lá mais pelo menos 2 horas e meia para ir e voltar do Porto.

Outra opção para quem está viajando de carro pelo Norte de Portugal é passar o dia em Guimarães e dormir por lá, seguindo viagem no dia seguinte. Essa também pode ser uma boa opção para se economizar em hospedagem, já que o Porto, por ser muito procurado, tem encarado uma alta nos preços dos hotéis.

Está no Porto? Veja essa dica de onde comer francesinha na cidade
e aqui nossa dica de restaurante de carnes no Porto

local onde está escrito aqui nasceu portugal em guimarães

Guimarães é considerada o berço de Portugal

Onde dormir em Guimarães

 

Para quem optar por pernoitar em Guimarães, o Hotel da Penha pode ser uma ótima opção. Apesar do hotel ficar no alto do Monte, e um pouco mais afastado do Centro Histórico – cerca de 7 Km, terminando seus passeios você pode jantar no hotel e já estará no seu local de hospedagem para descansar em seguida. 

Outra opção muito atraente é a Casa do Juncal, que fica dentro das muralhas da cidade. O hotel tem a extraordinária nota de 9,6 nas avaliações de hóspedes.

Você também pode consultar o mapa abaixo para encontrar um hotel na localização que mais te agradar em Guimarães:



Booking.com

Vista da Igreja de São Gualter e o Monte da Penha ao Fundo

Vista da Igreja de São Gualter e o Monte da Penha ao Fundo

Prefere se hospedar no Porto? Conheça nosso apto charmoso no Centro

Roteiro básico em Guimarães

 

  • Chegando de manhã, a partir da Estação de trem, andar até o Castelo de Guimarães;
  • Visitar o Castelo, a Igreja de  São Miguel do Castelo
  • Visitar o Paço dos Duques de Bragança;
  • Na hora do almoço, andar pelo Centro Histórico e almoçar;
  • Nós almoçamos no excelente Histórico by Papaboa, que tem entre as especialidades a Alheira. O endereço é Rua de Valdonas, nº4 – Oliveira do Castelo
  • Seguir caminhando pelo Largo da Oliveira, visitar a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, o Paço dos Conselhos, a Praça de Praça de S. Tiago, o Largo do Toural, o Largo doBrasil etc
  • Visitar a Igreja de São Guálter
  • Pegar um táxi até o Teleférico e subir ao Morro da Penha
  • Passear pelo parque e visitar o Santuário da Penha
  • Assistir ao pôr do sol do mirante
  • Jantar no Hotel da Penha 

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Até dia 21/11 a Seguros Promo está com QUINZE % de desconto! Clique aqui e use o cupom BLACK 

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.