O que fazer em Lima? Ser feliz em um fim de semana!

por Jackie Mota 31.mar.2013

Não me canso de repetir o quanto é importante respeitar seu gosto e ritmo ao preparar uma viagem para transformar qualquer roteiro em um sucesso. Afinal, se muitas vezes viajar significa fugir de uma rotina onde não temos poder de escolha o tempo todo, por que ceder a imposições justo durante nossas escapadas? Pois bem, foi por nos conhecer bem, muito bem que tivemos um fim de semana maravilhoso em Lima e foi por nossa experiência ter sido ótima na cidade que nos apaixonamos por ela.

mochilão Peru Lima onde ficar o que fazer

Lima foi a parada número 10 de um mochilão que havia começado em La Paz e já seguia por 11 dias. Enquanto viajávamos em sua direção, em ônibus, carros por 4×4, barco e avião eu relia As Veias abertas da América Latina, do Eduardo Galeano, para reavivar o conhecimento da história do continente. E em uma das passagens eu havia lido que o apelido de Lima desde tempos coloniais era Lima, a fea.

O motivo era que, apesar de quase nunca chover em Lima, também quase faz  pouco sol em comparação a outras cidades na mesma latitude e no inverno há muita neblina. Portanto, achavam o clima de Lima feio. Acho que isso já despertou em mim um apreço por Lima, pois eu adoro cidades cinzas e me compadeço delas que sofrem o preconceito da maioria das pessoas (que amam sol, calor e praia).

Tinha lido antes da viagem muita coisa sobre Lima e anotado muitos programas interessantes, de modo que se fosse fazer tudo precisaria de uns 7 dias na cidade. Mas nós tínhamos duas opções apenas: ou ficávamos 3 noites antes de embarcar para Cusco ou nem ficávamos em Lima. Fechei nas 3 noites então já sabendo que isto significaria que esta seria apenas uma primeira ida a Lima.

Entre as atrações da cidade havia muitos museus interessantes, a maioria pelo Centro, bem como atrações turísticas como um balé de águas que uma amiga me recomendou vivamente, mas que por culpa do meu gosto estranho (amo céu cinza, lembra?) não me despertou muito interesse não. Também tinha muita coisa pelo bairro de Miraflores, incluindo um shopping (er, nada atraente para mim) à beira mar.E tinha um monte de opções de hotéis executive que não eram mesmo o que eu queria depois de passar dias em alojamentos, hostels e hotéis simples.. E o fato é que no caminho das pesquisas o que mais havia me empolgado mesmo eram as notícias sobre uma cena gastronômica renovada, com indicações de bares e restôs para ficar um mês na cidade.

Nessa de pesquisa daqui, busca dali acabei encontrando um B&B hiper simpático no bairro de Barranco, um bairro descrito como boêmio, à beira-mar, um pouco além da turística Miraflores. Conversei com marido e decidimos apostar no bairro. Para combinar, fechamos um roteiro sem tantas roteirices. Apenas um museu, muitas opções de restaurantes e bares anotadas para escolhermos lá e um passeio de bicicleta. Bicicleta, esse amor.

mochilão Peru Lima onde ficar o que fazer

Quando chegamos em Barranco descobrimos um bairro calmo, arborizado e cheio de charme. Nosso B&B se revelou um grande hotelão no quesito conforto e acomodações e um delicioso B&B quando se tratou de atenção e acolhimento. Já na primeira noite apenas dobrando a esquina descobrimos um bar que virou nosso standard para elogiar bons bares. Carta de drinks criativa e vasta, comidinhas gostosas para acompanhar (como não amar porção de churros?) e um climinha cool perfeito para unir numa mesma balada casais enamorados e quem quer se jogar na night.

O passeio de bicicleta no dia seguinte nos apresentou uma grande extensão da cidade tendo a orla por fio condutor e um céu azul nos acompanhou. Fomos ao ponto onde a cidade nasceu, onde fatos importantes de guerras e paz ocorreram, comemos num armazém com data de nascimento no período colonial e vimos monumentos e tradições românticas.

mochilão Peru Lima onde ficar o que fazer

mochilão Peru Lima onde ficar o que fazer

No museu e no centro fizemos o turismo mais tradicional, embora Huaca Puclana seja um museu não tão tradicional: ruínas a céu aberto bem no meio da cidade expõem o contraste entre o passado e o presente. E na gastronomia nos refestelamos com os sabores, ainda mais saborosos depois de dias estranhando a comida boliviana.

mochilão Peru Lima onde ficar o que fazer

Adoro história contrafactuais, mas não posso dizer qual teria sido o resultado caso tivese programado 7 dias num roteiro detalhadíssimo em Lima. Poderia ter amado, certamente. Mas nosso fim de semana sem preocupações com o que não estávamos vendo e aquele hotelzinho calmo em Barranco era tudo o que precisávamos naquele ponto daquela viagem.

E por que em Lima encontramos o que buscávamos, fomos felizes naquele fim de semana.

 Vai ficar em Lima? Reserve nossa indicação na cidade, o Barranco B&B pelo Booking

 Vai para Cusco? Veja nossas indicações no Booking: Casa de Mama Cusco e Andean Wings

Ou pesquise hotéis em todo o Peru pelo Booking aqui no blog:

 
Texto: Jackie; Edição: Rômulo; Fotos: viaje sim!

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Até dia 21/11 a Seguros Promo está com QUINZE % de desconto! Clique aqui e use o cupom BLACK 

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Giovanna Wanderley
    23 maio 2013

    Amei a parte das bicicletas! Como fizeram para alugá-las? preço? local? Quero “imitá-los” rsrs.

  2. Hérica
    02 abr 2013

    Oi!!
    Gostaria de saber o nome do hotel que vcs ficaram em Lima?
    Adorei o blog!!!

  3. Roberta Maués
    02 abr 2013

    Jackie, tem posts que você escreve de uma maneira tão carinhosa que dá vontade de conhecer os lugares que você fala no blog só por causa do jeito como você escreveu. De repente esses lugares ficam mágicos e a vida fica mais leve e feliz quando se visita eles.
    Nessa de promoções para cidades da América do Sul, tinha para Lima e Santiago há alguns dias atrás. Ficamos pensando aqui em casa o que tinha de bom para fazer em Lima, já que tivemos a oportunidade de fazer um mochilão ao Peru no ano passado e conhecemos o que “mais atraia” no País (Cuzco, Machu Pichu, Puno e Arequipa, minha cidade querida), então acabamos optando por Santiago, que embora já tenha ido lá no verão, queria muito ver como era no inverno (além de conhecer Suwell, que a gente nem sabia que existia, na viagem passada). Agora que li esse seu post vi que Sim, tem muita coisa boa para se fazer em Lima 🙂

    • 02 abr 2013

      Oi Roberta, olha é verdade que temos um carinho enorme por lima. Às vezes é até difícil transmitir o que sentimos em algum destino de forma mais objetiva. É aquela coisa “ah o que tem em lima?”. Vc pode ate listar, mas não é só isso ne?
      Bom, qt a sua escolha eu acho que nas duas vc. Se daria bem. Santiago tb é bem bacana, no inverno dá pra esquiar e tem várias vinicolas perto. Esse destino que vc citou tb não conheço. Já vou anotar =)
      Beijinhos e obrigada pelo comentário,

  4. 02 abr 2013

    Oi, Jackie.

    Fui a Lima num mês de junho e, embora tenha adorado a cidade, peguei céu cinzento todos os dias. Em que época você foi pra pegar esse céu azulzinho aí das fotos?

    • 02 abr 2013

      Oi Márcio, nós fomos no alto verão, em janeiro.
      Mesmo assim esses dias lindos aí não são garantidos. Lima tem uma taxa baixa de horas de sol por ano em relação à sua localização. E olha que eu amo um dia nublado, mas ela nos deu dias lindos! O sol estava violento, fiquei com marca de camisa e tudo rs
      abs,

  5. Juli
    01 abr 2013

    Vi uma promoção hoje para Lima e agora lendo seu post fiquei com muita vontade de ir. Antes estava pensando em ir só para Machu Pichu.
    beijinhos,

    • 01 abr 2013

      Oi Juli, aproveite a promo sim!
      Dependendo de quantos dias vc tem pode ir a Lima, Cusco, Vale Sagrado e Machu Picchu e ainda Arequipa, Paracas e Puno.
      Já postamos sobre outros destinos no Peru aqui no blog.
      bjs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.