Minha 1ª viagem internacional: como fazer o roteiro, parte 1

por Jackie Mota 29.jul.2012

 

Passagens na mão, documentação e acessórios de viajante todos prontos, é chegada a deliciosa hora de fazer o roteiro da viagem. Ao contrário do que possa soar a frase “fazer um roteiro”, isso não significa uma amarra, você não terá que seguir obrigatoriamente tudo o que estiver em seu roteiro (afinal é uma delícia deixar-se levar pela cidade visitada). O roteiro, na verdade, é uma ótima maneira de você se planejar para otimizar seu tempo, evitar gastos (e roubadas) desnecessários e ir conhecendo melhor o seu destino.

Eu amo fazer roteiros! Tanto que já fiz para amigos, para viagens em que eu não vou, só pelo prazer de pesquisar e montar a programação. E eu gosto de escolher o hotel após, pelo menos, ter um pré-roteiro, pois assim eu consigo decidir qual a melhor localização para me hospedar, dependendo do que eu vou fazer na cidade.

Bom, vamos às dicas!

Personalize

O mais importante de um roteiro é que ele seja bom para você. Dificilmente o roteiro dos sonhos de um amigo vai ser o seu roteiro perfeito e é por isso que a gente aqui sempre indica nossos roteiros como sugestões. Porque nossos gostos e necessidades variam, assim como o orçamento, o objetivo da viagem (curtir balada, conhecer a cultura, compras, descansar etc) e o tempo de estadia no destino. O roteiro que eu fiz sozinha em Buenos Aires em 2008, por exemplo, foi ótimo para mim, mas não vai funcionar para a viagem que faremos em agosto, com nossa família.

Então mesmo que você encontre roteiros prontos pro seu destino, dedique um tempinho à pesquisa e personalize-o. Veja se realmente te interessa visitar aquilo que está programado  ali e cheque se não há uma atração bem a sua cara no seu destino.

Fazendo um roteiro: por onde começar?

Assim que o destino está decidido é hora de juntar todo o material possível sobre aquele lugar. Quanto mais informação, e de fontes diferentes, melhor. Vou juntando tudo o que eu acho sobre o destino em livros, guias, aplicativos, blogs etc. Mesmo já tendo viajado para Buenos Aires, por exemplo, estou pesquisando várias fontes agora para pegar infos atualizadas sobre a cidade, descobrir novidades e incluir programas com o perfil dessa viagem. É uma fase rápida porque eu apenas junto tudo. É uma pesquisa preliminar para saber o que existe no meu destino, todas as suas possibilidades.

Coleto todo tipo de informação que possa ser útil para o meu roteiro, em que eu normalmente coloco as atrações e programas que quero ver e fazer (com endereço, como chegar, horário de funcionamento) e opções de restaurantes, além de infos que for encontrando como melhor local para trocar dinheiro, pegadinhas clássicas de turista na cidade, nomes de pratos típicos, lojas para compras, referências de preços e etc.

E como conseguir essas informações? Abaixo listei algumas das minhas fontes para o roteiro de Buenos Aires, mas que servem para pesquisa sobre qualquer destino, é só mudar o nome da cidade, país ou região.

Reserve já seu hotel em Buenos Aires através do Booking

Referências para montar um roteiro a Buenos Aires

Começo sempre dando uma olhada em guias de viagem com informações mais gerais. Um dos que mais gosto para isso são os guias da coleção Guia Visual, publicado pela Folha de São Paulo. Especialmente quando o destino é um país, e não somente uma cidade, ele dá uma boa noção do que existe para ver. Também da Folha curto muito os guias de bolso, que além de práticos para levar na viagem (são pequenos) trazem uma seleção das atrações mais importantes do destino.

Para o destino da série Minha 1ª viagem internacional eu comprei o Buenos Aires, Guia da cidade, da Lonely Planet, em Português. Adoro os guias da Lonely Planet e tenho alguns em inglês, em formato digital. Comprei este porque sendo em português fica acessível a toda a família. Ele tem informações bem detalhadas, que vão ser úteis para fazer o roteiro final, mas nessa fase dou uma folheada e vou marcando com post-its todas as atrações que me interessaram, todas mesmo. Olha só como está o meu guia, cheio de marcações:

Também dou sempre uma checada no livro Mil lugares para conhecer antes de morrer, porque considero que as atrações listadas no livro são realmente imperdíveis. No caso de Buenos Aires o livro traz 4 atrações. Então, post-it nessas páginas!

Claro que a internet é uma das minhas fontes principais de pesquisa. Para começar eu vou ao site da RBBV (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem) e, clicando no destino escolhido, nesse caso Buenos Aires, eu tenho acesso a uma lista de blogs que escreveram sobre eles. Quando escrevi o post havia 38 links sobre Buenos Aires por lá. E o site é continuamente atualizado. Ou seja, tem muito conteúdo para conferir. Então eu dou uma olhada rápida nos posts e marco como favorito no meu navegador todos os que me interessaram.

Esses são alguns (só alguns) dos links que eu usei tirados do site da RBBV:

Pedalando em Buenos Aires, no Ziga da Zuca;
Café de los Angelitos, no Destino de Viagem;
El Preferido de Palermo, no Buenos Aires Dreams;
Compras em Buenos Aires, na Turista Profissional;

Não deixo de ir também ao Viaje na Viagem (sempre!), pois ele que tem muito conteúdo muitíssimo bem organizado sobre qualquer destino e uma tripulação sempre pronta para ajudar. Sobre Buenos Aires então, tem coisa para caramba, inclusive um roteiro prontinho para quem está indo pela primeira vez:

O roteiro do Ricardo Freire para quem vai a Buenos pela 1ª vez aqui

E ainda consulto a função de busca em blogs do Google, para chegar a blogs que tenham escrito sobre o destino que procuro. Já favoritei aqui o excelente blog Buenos Aires para Chicas e os posts do Matraqueando sobre a cidade.

Também dou uma olhada no meu acervo de revistas e no meu Travel Planner em que guardo recortes interessantes. Foi assim que achei, por exemplo, uma matéria do Globo sobre os melhores restaurantes porteños.

Dessa vez também andei baixando alguns guias no iphone e ipad. Na loja de aplicativos da Apple e também do Android tem bastante coisa. Eu comprei o guia de Buenos Aires da Viagem e Turismo, que achei bem legal (US$ 1,99). Além das informações sobre as atrações ele traz um roteiro por bairros e permite que você favorite as atrações que mais curtir e depois use essa lista para montar seu próprio roteiro no aplicativo. Pena que não dá para exportar ou imprimir esse roteiro (pelo menos eu não sei como).

 

Outro guia que comprei para celular foi o Buenos Aires in 4 days. Ele traz roteirinhos prontos por dia, com descrição da atração e a possibilidade de vê-la no mapa com um simples toque. É grátis, mas em inglês.

E o meu aplicativo preferido até agora: o Destemperados. Na verdade o aplicativo indica restaurantes em várias cidades do Brasil e América do Sul e Buenos é uma delas. Como eu tenho alma de gorda adoro pesquisar sobre as opções gastronômicas da viagem, estou encantada com ele. Você clica na cidade e pode escolher categorias como A Dois, com a Família, Happy hour etc e o aplicativo vai te mostrar uma lista de casas nesse estilo. Para cada restaurante há descrição do clima, do cardápio, sugestão de pratos e informações práticas como média de preço, endereço e telefones. E você pode ir marcando os que mais te atrairem com um “quero ir”, pra ficar fácil achar depois. O aplicativo é grátis.

Também baixei o aplicativo Guide Pal, que possui guias de diversas cidades do mundo. O diferencial dele é a função “near me” (perto de mim). Basta você estar conectado à internet, clicar nesse botãozinho que o aplicativo irá mostrar as atrações localizadas a até 1 milha da sua localização atual. Bem útil para quando sobrou um tempinho e você quer fazer algo por perto, não? No Guide Pal também dá para marcar seus favoritos e consultar mapas.

Já o aplicativo Buenos Aires Street é super útil, pois traz mapas que podem ser consultados sem conexão à internet. Também gratuito na App Store.

E por último baixei o City Maps and Walks, que traz tours para serem feitos a pé prontos, com todas as instruções de direção, de como chegar à próxima parada prevista no roteiro. Os tours são divididos por tema, tem Arquitetura, cultura e arte, igrejas, atrações pra crianças etc. Cada tour vem com o roteiro e duração aproximada do passeio, bem útil para programar o dia durante a viagem. E você ainda pode manter um registro de por onde você andou.

Deu para perceber que ao fim dessa primeira fase “exploratória” eu já tenho muuuuuito material sobre o destino, né? Pois é, a idéia é essa mesmo. Descobrir todas as possibilidades de passeios, atrações, refeições no seu destino de viagem. De posse desse material a próxima fase é aquele período gostoso de ler, ler, ler e sonhar antes de finalmente montar o roteiro. E eu conto as minhas dicas para selecionar o que vai pro roteiro e como montá-lo no próximo post!
Leia a segunda parte do post Como montar um roteiro de viagens aqui

Não perca os posts da série Minha 1ª viagem internacional. Mantenha-se atualizado assinando o blog por email e nos curtindo no Facebook

Reserve já seu hotel em Buenos Aires através do Booking

Compre seu seguro de viagem

Vai viajar pela primeira vez ao exterior? Leia e assista à série completa:

Como emitir passagens utilizando milhas (Smiles)

Documentação para viajar

10 itens básicos para o viajante

Fazendo o roteiro – parte 1: Fontes de pesquisa

Fazendo o roteiro – parte 2: Dicas para organizar o roteiro

Escolhendo e reservando o hotel

Vídeo: A mala, parte 1

Vídeo: cronograma de preparativos

Vídeo: método para escolher o que levar na viagem

Vídeo: acessórios úteis em viagem

Vídeo: sugestão de mala para 4 dias de viagem a Buenos Aires, no inverno 

Texto e edição: Jackeline Mota; Fotos: Viaje Sim!

 

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Até dia 21/11 a Seguros Promo está com QUINZE % de desconto! Clique aqui e use o cupom BLACK 

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Caroline Pavan-Cândido
    23 jun 2013

    Gostei muito do blog! Parabéns!

  2. Daniele
    30 maio 2013

    Muito obrigada pelas dicas….amei as sugestões de APP e já estou vendo tudo sobre buenos aires!!

    • 31 maio 2013

      Que bom, depois volte para contar como foi a viagem.
      Abs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.