Nordeste – Penedo (AL)

por Jackie Mota 10.nov.2010
A divisa Sergipe-Alagoas
Seguimos viagem saindo cedo de Aracaju com destino final a Maceió, mas com uma parada prevista em Penedo, já nesse estado. No entanto, quem quiser seguir a ordem geográfica, tem parada primeiro em Penedo e depois em Barra de São Miguel, 40 km antes de Maceió. Barra é um destino forte para os moradores da capital, com muitas casas de veraneio e base para ir à Praia do Gunga.

Bom, mas vamos a Penedo. A primeira cidade que visitamos em Alagoas fica a cerca de 160 km de Aracaju e a quase a mesma distância de Maceió. Para ir de Aracaju é fácil, pela BR-101 e AL-235. O cenário é bem interessante, interior mesmo e é legal ir observando as mudanças. A divisa entre Sergipe e Alagoas é marcada pelo Rio. É preciso ficar atento à entrada para a cidade de Igreja Nova (antes eu tinha colocado aqui Nova Igreja, mas a Anita me corrigiu. Thanks!), pois não há placa avisando antes. Então, fiquem com Igreja Nova na cabeça. É preciso pegar essa entrada para ir a Penedo.

Penedo foi o primeiro povoado de Alagoas, fundada no século XVI. D Pedro II visitou a cidade e o clima histórico é muito presente. As ruas são repletas de casarões coloridos antigos. Agora a cidade está toda em reforma. O convento e a Catedral estão em obras. Mas há outras igrejas para visitar. Em frente ao Rio São Francisco está a igreja de Nossa Senhora das Correntes, com entalhes impressionantes e um altar folheado a ouro. Ao lado está o Museu do Paço Imperial. Na Rua de trás também pode-se visitar o Teatro Sete de Setembro.

Em Penedo é possível pegar uma balsa e fazer o passeio à Foz do Rio São Francisco. Perto de onde saem as balsas, o pessoal curte uma praia. Não fizemos este passeio, mas dizem ser bem bonito. A paisagem é a que aparece no filme Deus é brasileiro.

Para almoçar a pedida é o Forte da Rocheira, que fica no bairro de Rocheira. A partir do Centro é só seguir as placas. O lugar é uma graça, com vista pro Rio São Francisco e serve carne de jacaré, dependendo da época do ano. Agora em outubro eles não tinham (mas também não comeríamos mesmo) e escolhemos o filé de peixe à rocheira, que tem um molho com vinho branco delicioso.

Para sair de Penedo, siga em direção a Piaçabuçu. A estrada não tem iluminação, então o melhor é ir durante o dia. Além disso, aproveita-se a paisagem. Coqueirais, canaviais e locais lindos como a Lagoa Azeda. Quem curte praia pode separar o dia todo para essa viagem e ir parando nas praias.

Quer reservar hotel em ? Utilize este link para o Booking. Você não paga nada a mais e gera uma comissão para o blog. Agradecemos o apoio! 

Hotéis top com preços promocionais é no Zarpo

Fotos: Arquivo pessoal

Espero que tenha gostado deste conteúdo, que foi produzido com cuidado e carinho para você. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Quando você usa nossos links, gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. Agradecemos muito o seu apoio!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. 10 nov 2010

    Jackie, bom saber! Só conhecia Penedo no Rio! E olha, comentário à parte. Vcs tão ficando bons nisso de tirar fotos, hein. A ilustração tá maravilhosa!

    Bjos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *