Fronteira Bolívia-Peru

por Jackie Mota 07.maio.2012
A saída de Copacabana foi caótica. Havíamos comprado a passagem até Puno e o passeio às ilhas flutuantes no dia anterior, mas o embarque foi uma bagunça com vários “agentes de viagem” batendo boca. Saímos, enfim, da cidade e uns 10 minutos depois precisamos descer para atravessar a pé a fronteira com o Peru. 
 

O esquema é o seguinte: o ônibus para na imigração, os turistas descem, pegam o carimbo de saída da Bolívia e atravessam a fronteira a pé. O ônibus segue com toda a bagagem direto para o outro país. Antes de voltar ao ônibus os turistas precisam pegar um carimbo de entrada na imigração peruana. 

Quem vai com passaporte faz tudo mais rápido. Já quem utiliza a identidade precisa entregar uma xerox do documento na imigração boliviana. Há uma xerox disponível bem ao lado do posto, mas claro que isso atrasa todo o processo.

Como estávamos bem na frente no ônibus e com passaportes fizemos tudo rapidinho e ficamos esperando do lado peruano. Deu tempo para um lanchinho nos bares que tem por ali e também para fazer câmbio e pegar uns soles. 

Daí ainda seriam quase 2 horas até Puno. 
É isso, os próximos posts sobre o Mochilão já serão sobre a parte peruana da viagem.


Texto e edição: Jackeline Mota Fotos: Arquivo pessoal

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Até dia 21/11 a Seguros Promo está com QUINZE % de desconto! Clique aqui e use o cupom BLACK 

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Fernanda Bernardo Leig
    25 mar 2013

    Oi tudo bem?? meu passaporte vencerá agora em junho e estou querendo ir só com meu RG novinho em folha. Eu sei que existe o acordo entre Brasil e os Países q vou visitar (Bolivia/Peru), mas quero saber de vc se a entrada com o RG na fronteira Bolivia – Peru foi tranquila, se não houve tentativa de barrar na entrada por causa ´disso. É realmente legítimo ir só com o RG?? obrigada!!

    • 30 mar 2013

      Olá Fernanda, a identidade é aceita nos países citados sim. Ms, como dissemos no post, nós usamos passaporte, porque gostamos de colecionar os selos. A única diferença nessa fronteira é que quem vai com identidade precisa deixar uma xerox do documento lá.
      Abs,

  2. jackieeromulo
    08 maio 2012

    Os ônibus saindo de Copa eram bem ruinzinhos, Bruna. É de lá que vc quer saber? Tinha várias cias, não rodoviárias, mas agências de viagem, um monte mesmo. Não indico a que pegamos não, foi uma bagunça enorme na hora do embarque. Abs,

  3. 08 maio 2012

    Oiii!!
    Vamos lá novamente…
    O que eu tinha perguntado anteriormente era.. Como são os onibus? Muitas opções de empresa pra fazer o trajeto? Alguma que vc indique?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.