CNUV :: #9 Decidindo que países visitar

por Jackie Mota 03.abr.2015

Então, chegou a hora de falar do roteiro. Quer dizer, falar sobre estar fazendo o roteiro, já que ele ainda não está pronto. Como eu falei no começo da série de posts, a idéia aqui é dividir com vocês o planejamento em tempo real. Então, agora, faltando 2 meses para viagem, já decidimos que países visitar, que é o que vou contar hoje, e agora estamos decidindo a parte interna em cada país para poder comprar os vôos/barcos, reservar hotéis etc.

Engraçado que quando começamos a viajar eu ficava muito nervosa em fazer logo as reservas com antecedência, mas hoje em dia, depois de algumas viagens sem planejamento, eu realmente fico super tranquila – no réveillon mesmo eu só reservei vôos e hotel no dia 28/12 rs. Mas acho que também contribui para isso o fato dos destinos de agora serem super mega turísticos, com estrutura boa etc. Mas, é claro, como viajaremos em alta estação, acho que está bem na hora de começarmos a fazer as reservas.

Bom, como contei no último post, a gente emitiu a passagem de ida para Rio-Paris-Istanbul e a volta Veneza-Rio. Entre uma data e outra, tirando os dias dos vôos, 32 dias. Então a primeira coisa era decidir como dividir esse tempo.

HAPPY EASTER!

A primeira parada, Paris, foi facinho decidir. O vôo tinha essa escala, mas poderíamos aumentar a estadia, pegando um stopover de alguns dias. Acabamos optamos por passar apenas essas 12 horas por lá mesmo. Será apenas um breve salut à cidade onde eu disse meu primeiro sim para o Rômulo.

Então partimos para o que fazer depois. E nossa primeira decisão foi cortar o Egito do roteiro – inicialmente queríamos Egito-Istanbul-Grécia-Itália. Não foi uma decisão fácil, mas acabamos cedendo por alguns motivos. A questão da segurança não foi o mais importante, embora tenha, sim, contado, por medo de que a situação piorasse e precisássemos reorganizar tudo em cima da hora. Mas o principal motivo, no entanto, foi mesmo o fato do Egito ser um dos top destinos na nossa bucket list.

A gente já sonha há muito tempo com o país e acabou se apaixonando por um roteiro com muitos locais. Acho que precisaríamos de uns 15 dias pelo menos por lá. A gente pensava  em uma viagem de uns 40 dias no total, mas não conseguimos esse tempo, então decidimos deixar o Egito para uma próxima vez, para uma viagem exclusiva para ele. Quem sabe nos 6 anos de casados? #ficaadicamarido

Bom, assim acabamos com um roteiro bem clássico de lua de mel: Turquia, Grécia e Itália. Três países em 32 dias ficou bem mais plausível e esse roteiro também ficou mais condizente com o que a gente está querendo para essa viagem: cenários paradisíacos, praia, cidadezinhas charmosas, e muito romantismo. Ou seja, uma lua de mel clássica de verão!

Então, começamos a trabalhar com a idéia de 10 dias para cada país. Com esse tempo de viagem em mente, começamos a listar o que queríamos ver em cada país. A gente sempre faz isso. Listamos tudo que queremos, elegemos prioridades e aí vamos para a parte prática de checar as possibilidades de se visitar esses locais – testar combinações, ver horários e custos de transporte, condições de clima etc. E, claro, negociar muito quando as prioridades de um não são as mesmas do outro, né? Aí é o poder de convencimento e sedução que entra em campo hahaha.

No final, apesar de nesses três países haver muita coisa que queremos ver e fazer, não está sendo tão difícil decidir o roteiro por questões de gosto. É que esses países estão todos nas nossas listas de locais em que pretendemos voltar, fazer mais de um roteiro, em diferentes estações e tal. E são locais com ótima localização e acessibilidade. Então, apesar de serem destinos onde queremos ver locais suficientes para passar anos viajando, foi mais fácil nos contentar com apenas 10 dias, porque a gente não está escolhendo o que ver desse país, mas o que ver “dessa vez“.

Então, com 10 dias para cada país em mente, começamos a decisão com a primeira parada: Turquia. Já conseguimos fechar o roteiro interno no país e agora comecei a reservar os hotéis de lá. Itália e Grécia ainda não têm roteiros prontos. Então, a Turquia é nosso assunto no próximo post!

Veja todos os posts da série

como nasce uma viagem poster

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Somente 02 e 03 de dezembro a Seguros Promo está com VINTE % de desconto! Clique aqui e use o cupom MONDAY (E consiga + 5% de desconto para pagamento via boleto bancário) 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.