CNUV :: # 7 | Hora de emitir a passagem aérea (com milhas)!

por Jackie Mota 01.abr.2015

Este post faz parte da série Como nasce uma viagem? – o dia a dia do planejamento real da nossa próxima viagem

Acho que não importa se a viagem foi planejada com antecedência ou decidida num impulso: a primeira aquisição de fato é sempre a passagem aérea. Para mim, é só quando a passagem está emitida que a viagem se torna real e eu prossigo pra efetuar, de fato, as reservas de hotéis, tours etc. Então imaginem como eu estava ansiosa para emitir a passagem aérea dessa viagem depois de 5 longos anos sonhando com ela? Era tanta vontade de confirmar que a viagem rolaria mesmo que foi a passagem com maior antecedência ever que já compramos: 11 meses! E, olha, que se fosse por mim teria sido até antes.

Os 11 meses de antecedência foram, na verdade, uma necessidade, já que a passagem Brasil-Europa e Europa-Brasil foi adquirida com milhas. Como resgatamos no programa de milhas Smiles, que pertence à Gol, tivemos que esperar a liberação dos tíquetes no sistema. No Smiles, a liberação da data é 11 meses antes, ou seja, hoje, dia 1º de abril de 2015, eu consigo agendar uma viagem por lá até o dia 24 de fevereiro de 2016. Todo dia, um novo dia entra no sistema. Então, como queríamos viajar no início de junho de 2015, só pudemos emitir a passagem de ida no início de agosto de 2014 e a volta no início de setembro.

O certo, certo mesmo, seria sempre comprar a passagem após fechar o roteiro todinho. Mas a gente dificilmente faz isso, só mesmo quando a viagem é para apenas uma cidade. Aí a gente determina quantos dias quer ficar e pronto, é bem fácil. Mas no caso da emissão por milhas, a gente prefere primeiro garantir a passagem que achou e depois fechar o roteiro (imagina se tivéssemos esperado? At;e hoje não fechamos o roteiros rs).

como nasce uma viagem

Não vejo a hora de estar dentro de um avião no céu!

Para essa viagem, por exemplo, a gente queria visitar Egito-Turquia-Grécia-Itália, mas ainda não tinha decidido quanto tempo ficar em cada lugar e se ia mesmo a todos esses países. Então decidimos emitir a ida por um extremo e a volta pela outra ponta do roteiro. Mas como estávamos na dúvida sobre o Egito, em vez de emitir para o Cairo, emitimos pra Istanbul, que seria um bom hub tanto para ir ao Cairo quanto seguir para a Grécia.

Então, o que fiz algum tempo antes de poder emitir foi entrar no sistema e ver que passagens iam surgindo todo dia, se tinha Istanbul sempre, quais eram as cias, os vôos e quanto custava. Assim, descobri que tinha um vôo no Smiles do Rio a Istanbul com a Air France saindo daqui à noite (eu prefiro os vôos noturnos) que fazia uma parada em Paris de quase o dia todo – das 8h às 19h. E foi esse vôo que escolhemos! Então, teremos um diazinho para revisitar Paris, onde eu fui pedida em casamento, e também para esticar as pernas e descansar um pouco do avião, antes de seguir viagem para a Turquia.

No dia em que o sistema liberou os bilhetes, logo cedo eu emiti nossas passagens! Na época, o preço em milhas estava ótimo e conseguimos pegar bilhetes na classe executiva. Depois foi só passar o mês esperando a liberação dos bilhetes na data da volta. Até lá, fui vendo os tíquetes disponíveis partindo da Itália pro Rio, preços, cias etc. O mais difícil foi decidir a cidade de partida, pois não tínhamos fechado o roteiro. Acabamos decidindo emitir por Veneza, que seria então um dos destinos da viagem, e peguei o vôo saindo de lá com a Ibéria.

Então é isso. Nossas passagens já emitidas são Rio-Istanbul, com uma parada de um dia em Paris e a volta Veneza-Rio. Agora estamos aqui sofrendo para fechar o roteiro entre um voo e outro, que cidades visitar e quantos dias ficar em cada lugar. Já já compartilho nossos dilemas por aqui.

Se você nunca viajou por milhas, sugiro que comece
já lendo este post: Como acumular e viajar utilizando milhas

Para saber como emitir bilhetes no Smiles, consulte este tutorial que fiz há um tempo (o Smiles está com site novo e vou fazer um novo post assim que possível).

Veja neste outro tutorial como emitir com milhas pela LAN.

E para tirar o máximo proveito dos seus bilhetes, saiba o que é e como usar o Stopover.

Veja todos os posts da série

como nasce uma viagem poster

Quer receber mais dicas de viagem?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

Receba novos posts por email

Acompanhe-nos no Pinterest e Google+

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Até dia 21/11 a Seguros Promo está com QUINZE % de desconto! Clique aqui e use o cupom BLACK 

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.