Lua de mel no Chile – vinícolas

por Jackie Mota 25.mar.2011

O Chile também é famoso por sua produção de vinhos. E pertinho de Santiago há algumas vinícolas que podem ser visitadas num bate-volta. Nós fomos a duas.

Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana

Fotinho pro álbum da lua de mel na vinícola Emiliana

Concha y Toro
A vinícola mais famosa entre os turistas brasileiros é a Concha y Toro, que fica no Vale do Maipo. Chegamos a pensar em não ir a ela, justamente por sua fama de “turística”, mas a verdade é que ela tem uma excelente estrutura para receber os visitantes e acesso fácil a partir da capital. Então vale a pena, sim, ir até lá.

Nós fomos em um dia após o almoço. Primeiro, claro, pedimos na recepção do hotel para reservarem a visita. Pode-se fazer isso por telefone (56 24765269) ou site, aqui. A vinícola funciona todos os dias das 10h às 17h.

Pegamos o metro e seguimos até a estação Las Mercedes, que fica já na cidadezinha de Pirque. A viagem dura mais ou menos 1h15m. Saindo da estação pegamos um táxi até a vinícola. É possível também ir de ônibus: nº 71, 73, 83 e 84. 

Existem dois passeios diferentes na Concha y Toro. Um de 50 minutos que começa com a exibição de um vídeo sobre a história do local, segue com um tour pela propriedade, entra no armazém onde estão os barris do vinho e termina com a degustação de dois vinhos. A taça, com a marca Concha y Toro, fica para o cliente. A outra opção dura 1h10 e inclui a degustação de quatro vinhos, mesa de queijos e frutas secas. Os preços eram, em 2010, US$ 14 e US$ 32 por pessoa, respectivamente. 

Ficamos com a primeira opção e lá fomos nós. Assistimos ao vídeo e saimos para nosso tour. A propriedade é lindíssima e os jardins foram construídos segundo o pedido do dono para lembrar os jardins ingleses. Para nós lembrou o Saint James Park, em frente ao Palácio de Buckingham. Infelizmente estava chovendo nessa hora, mas ainda assim fomos a uma área de plantação e o guia explicou os diversos estágios do desenvolvimento da vinha.
De lá, voltamos à sede da Vinícola e passeamos por alguns espaços até chegar ao local onde contam a lenda do Casillero del Diablo. Em seguida, provamos este vinho, o mais vendido da Concha y Toro, e outro, o mais caro da vinícola. 


Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
 Os jardins da Concha y Toro
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
 A casa-sede da vinícola
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Durante o tour 
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana`
Nos armazéns de vinho
 
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Nessa parte ouvimos a lenda do Casillero del Diablo
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Rômulo segundo as intruções para desgustar um vinho

Ainda fomos à lojinha e fizemos umas comprinhas. Um garrafão de 3 litros do Casillero, que além de lindo, serve uma mesa inteira, um objeto para lacrar a garrafa e impedir sua oxidação e outros utensílios do tipo. Uma dica importante para o passeio: leve agasalho, pois o local de estocagem dos vinhos é bem frio.

Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Na saída, com as compras e o garrafão de 3 litros do Casillero

 Emiliana

A outra vinícola que visitamos foi a Emiliana. Ela fica no caminho para o litoral e tem uma sede muito charmosa. Aqui não fizemos tour. Demos uma pequena volta para ver as lhamas que pastavam por ali e entramos na sede, onde um vendedor nos mostrou um pouco da produção local. O destaque da Emiliana são os produtos orgânicos e biodinâmicos e seu trabalho é todo sustentável, incluindo as embalagens. Trouxemos vinho e azeite de lá. 

Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Sede da Vinícola
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Loja da Emiliana
 
Lua de mel no Chile roeiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Lua de mel no Chile roteiro completo vinicolas concha y toro e emiliana
Na parte externa o turista pode ver o vinhedo e também animais como lhamas

Outras vinícolas
Outras vinícolas famosas do Chile são a Aquitania, El Raco, Haras de Pirque e a Santa Rita, todas no Vale do Maipo, como a Concha y Toro. Já no Valle do Colchaga  estão a Viu Manent e a Montes. E no Vale Casablanca há a William Cole e Casas del Bosque. Estas ficam um pouco mais distantes de Santiago, mas é possível agendar passeios de um dia para ir a uma ou duas vinícolas com empresas como a Sousa’s Tour ou a About Chile.

Serviço
Concha y Toro – http://www.conchaytoro.com/

Aberta todos os dias das 10h às 17h. Tem dois tipos de tour e é preciso agendar com antecedência pelo telefone 
(56 24765269) ou site, aqui.
Emiliana – http://www.emiliana.cl/

Não encontramos no site informações sobre a visita. Fomos com a Sousa’s Tour.
About Chile – www.chileabout.com

A empresa faz passeios às vinícolas para grupos a partir de 2 pessoas.
Sousa’s Tour – www.sousastour.blogspot.com

A empresa faz passeios para as as vinícolas.

Todos os posts da Lua de Mel:
O primeiro dia
Hotéis
Comida
A Centolla em vídeo
Como e onde esquiar
Viña del Mar e Valparaíso

Atrações
Compras
Roteiro para 7 dias

Fotos: Arquivo pessoal

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

PROMOÇÃO atual: Até dia 21/11 a Seguros Promo está com QUINZE % de desconto! Clique aqui e use o cupom BLACK 

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela;
    Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil.
    O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post.
    E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem por esse link que te dá 10% de desconto e você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto.

Compre já e economize!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Jordany
    15 abr 2014

    Olá! Amei seu post!! Iremos também passar a lua de mel em Santiago em julho deste ano. Tentei contactar com o sousa tour, mas o email dá erro…não sei o que acontece. E precisamos muito!

  2. Danusa
    14 mar 2014

    Oie… To amando seus posts. Já fui pro Chile mas pretendo voltar na lua de mel. Gostaria de saber como vc fez para trazer o vinho. Teve algum problema??

    Abraços.

    • 17 mar 2014

      Oi Danusa, trouxe na mala despachada mesmo. Enrolei em sacolas, depois no meio das roupas e pronto. Tem o risco de quebrar né? Mas deu certo, nada quebrou.
      Já vi na internet uns sacos proprios pra trazer vinho, mas nunca achei por aqui.
      abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.