Bento Gonçalves com criança: roteiro para famílias, com vinho e encantamento

por Mariana Jardim 04.nov.2018

O Vale dos Vinhedos já se tornou um dos destinos mais cobiçados pelos viajantes. Com forte apelo para o enoturismo, a região surpreende por também se mostrar super adequada para famílias com crianças. A cidade de Bento Gonçalves, que faz parte do Vale, foi a minha escolha para comemorar meu aniversário neste ano com toda a família: meu marido, meus pais e meu pequeno Bento, de 2 anos. Um dos motivos foi, claro, meu amor pelo vinho, e outras vantagens que me fizeram bater o martelo foi a necessidade de apenas um vôo curto para chegar até lá. Na nossa estadia de 4 dias em Bento Gonçalves com criança descobrimos um roteiro perfeito para muito contato com a natureza, com locais acolhedores e com uma gastronomia irretocável. Confira abaixo minhas dicas para uma viagem em família com muito vinho para os adultos e muito encantamento para todos. 

Família com criança em Bento Gonçalves

Minha família em Bento Gonçalves: o roteiro foi ótimo para eu celebrar meu aniversário com vinho, que amo, e nos divertirmos juntos, com muita natureza

Leia mais:
Vale dos Vinhedos

Bento Gonçalves com criança: Como chegar

Bento Gonçalves fica a apenas 2 horas de carro de Porto Alegre. Do Rio à capital gaúcha há vôos diretos e o trajeto leva menos de 2 horas. Com os trâmites do aeroporto, a viagem total deve levar cerca de 5h30. Para otimizar seu roteiro, indico embarcar rumo à Porto Alegre ainda à noite e dormir na cidade. Assim, você quebra as horas dentro de um avião e carro – essencial para que o conforto da criança. Outra vantagem é que no dia seguinte bem cedinho, mas sem precisar madrugar, você já consegue pegar a estrada para Bento Gonçalves.

Foi assim que fizemos. Saímos do Rio de Janeiro em um vôo direto do Santos Dumont para Porto Alegre e passamos a noite em um hotel perto do aeroporto que oferecia a comodidade do transfer.

Reserve sua passagem para Bento Gonçalves
Passagens aéreas saindo de
Bento Gonçalves com criança: Onde ficar

Na região do aeroporto de Porto Alegre escolhemos o Novotel, que oferece transfer por uma tarifa ótima (R$5 por pessoa). Ficar neste hotel foi um excelente investimento – e conseguimos uma tarifa ótima pelo Booking -, pois facilitou e tornou mais confortável a viagem, evitando que tivéssemos que pegar estrada à noite com uma criança já bem cansada, o que poderia transformar o início da viagem em um pesadelo (rs) e nos deixou prontinhos, descansados e alimentados para começar o dia seguinte cedo. Os quartos são confortáveis, o hotel é muito bem montado e o café da manhã uma delícia.

No dia seguinte logo cedo pegamos o transfer de volta para o aeroporto, aonde retiramos o carro que já tínhamos alugado pela internet

Em menos de 2 horas de viagem de carro, chegamos na nossa escolha de hospedagem em Bento Gonçalves: o Spa do Vinho, um hotel 5 estrelas da Rede Marriott. A Jackie já tinha se hospedado aqui em 2015 e feito uma ótima review que você pode ler neste link. O hotel fica incrustado no Vale dos Vinhedos, com uma ótima vista e a poucos passos de distância de excelentes vinícolas.

O suntuoso Spa do Vinho, incrustado no meio do Vale dos Vinhedos: 5 estrelas maravilhoso para um roteiro em família na região

Como estávamos com criança e nossos quartos estavam desocupados, eles gentilmente nos deixaram fazer o check-in antecipadamente sem nenhuma cobrança. Aliás, agradar é a tônica do hotel. Todos os funcionários são gentis e tentam atender – e até antecipar – as solicitações do hóspede. 

Reserve um 5 estrelas para você também: use o Booking 
Sem taxas de reserva. Confirmação na hora. Melhor preço garantido. Cancelamento grátis.

Roteiro de 4 dias em Bento Gonçalves com criança 

Bento Gonçalves com criança: Dia 1

Depois de um rápido reconhecimento do local, caímos na estrada de novo. O roteiro do dia era mais cheio do que conseguimos fazer, mas já estávamos preparados para isso. Sempre que viajamos com nosso filho Bento (2 anos) já contamos que pode não dar tempo para fazer tudo o que havíamos planejado. Ele ainda é bem pequeno e tem seu próprio tempo. Às vezes fica contemplando e se divertindo em lugares que não prevíamos e outras vezes “dá defeito” (para crianças pequenas pode ser um pouco difícil administrar o cansaço da viagem, a saudade de casa e dos referenciais e a alteração da rotina diária). Por isso, o segredo do sucesso para uma viagem com criança é ter muita paciência, levar uma tonelada de brinquedos na mala e respeitar os limites do seu filho. O que importa mesmo é estar junto, disfrutando de uma nova experiência

O plano para a parte da tarde era explorar um pouco a Via Trento e almoçar ou na Casa Valduga ou na Casa da Madeira, empreendimento também da Casa Valduga focado em sucos de uva, geleias e balsâmicos. Acabamos decidindo almoçar na Casa da Madeira. Foi um almoço típico italiano com direito a polenta mole, codorna e massas al dente maravilhosas. De sobremesa, o famoso sagu e um doce em compota de abóbora. Tudo com gostinho de casa de nona italiana. A loja da Casa da Madeira, junto ao restaurante, é um espetáculo à parte. São váaarias geleias deliciosas (me apaixonei pela de maracujá) e outros produtos, com espacinho para degustação. 

Após o almoço, andamos ao longo da Via Trento e suas lojinhas e partimos para a nossa primeira degustação (munidos de livrinhos de colorir, carrinhos e do Sr. Batata para o pequeno) na Vinícola Lidio Carraro, que fica bem em frente ao Hotel Spa do Vinho. A degustação é acompanhada da explicação da história da vinícola, mas é feita de maneira bem comercial em uma sala na casa que é da família. Não espere visita guiada ao parreiral ou à cava. Ainda assim, vale super a pena tanto por conta da qualidade dos vinhos quanto do conhecimento do pessoal da viníciola que faz a degustação. Como estávamos hospedados no Spa do vinho, a degustação foi gratuita para nós. O lugar não tem nada interessante para crianças, mas eles foram super atenciosos conosco e, em nenhum momento, sentimos que a presença de criança não era bem-vinda.

Leia também
Vinícolas do Vale dos Vinhedos: quantas e quais visitar?

Para o jantar fomos ao Valle Rústico, que fica a uns 8 min do hotel e estava reservado desde o Rio. Eles só atendem com reserva. Foi uma verdadeira experiência gastronômica que, por si só, merecia um post separado, mas para quem pretende ir ao Vale dos Vinhedos com crianças pode ficar tranquilo que não ficará privado dessa experiência gastronômica. Eles não só aceitam crianças, como têm pratos exclusivos para elas. Um passeio imperdível!

Bento Gonçalves com criança: Dia 2

Para comemorar meu aniversário, nosso roteiro do dia incluía amamentação de filhotes de ovelha, vinhos e um jantar no Leopoldina, o restaurante do Hotel Spa do Vinho, ou seja, uma combinação que não tinha como dar errado.

O dia já começou bem quando o garçom descobriu no café da manhã que era meu aniversário. Em pouco tempo, surgiu um bolinho lindo (e gostoso) e eles se juntaram para cantar parabéns. Lembram que eu disse que todos os funcionários do hotel são muito atenciosos?! Então… 

Bom, pegamos o carro e fomos para a Rota Caminhos de Pedra, [uma rota turística sobre a qual a Jackie falou nesse post aqui] com o objetivo de chegar até 9:30 no Parque da Ovelha, aonde faríamos a degustação de produtos e passaríamos a manhã conhecendo mais sobre a rotina das ovelhas leiteiras.

O passeio, que achei que fosse mais para a criançada, é interessante para todas as idades. Meu filho ficou louco ao poder dar mamadeira para os cordeirinhos, alimentar as ovelhas e ver as aves de rapina de perto, mas confesso que ele não foi o único… rs  O legal é que em todo passeio há muita interação com os animais, sempre de maneira respeitosa. Não é só a amamentação de um filhote, por exemplo, podemos dar mamadeira para vários (claro que sob a supervisão dos funcionários, todos super simpáticos). Assim, é possível respeitar o tempo da criança de modo que ela aproveite as atividades. No final do dia, meu filho estava agarrado nas ovelhas adultas achando que elas eram seus cachorros…. hahaha O passeio é pago e vale muito a pena. Tente apenas coordenar para ir evitando feriado ou final de semana, dias em que o local fica mais cheio. E, se possível, evite os dias de chuva (e o salto alto), pois praticamente todas as atividades são ao ar livre. 

Saímos de lá já na hora do almoço e fomos comer na Casa Vanni. O lugar é excelente para ir com crianças, pois do lado de fora tem um gramado com alguns brinquedos infantis (uma casinha de boneca, escorrega e balanço) e um bom espaço para correr. Enquanto meu filho brincava, fui compelida a me sentar em uns pallets e apreciar toda a calmaria e delícia do lugar tomando uma taça de um bom vinho (pode-se tomar também uma cerveja bem gelada, aproveitando o bar bacaninha que tem no local). A comida é deliciosa e recomendo pedir o filé da casa, que é um filé mignon com mostarda e presunto cru, envolto em uma massa folheada, acompanhado de ravioli recheado de berinjela na manteiga e sálvia. De comer rezando!  

casa vanni

Jardins da Casa Vanni

 

De sobremesa, fomos até a Casa das Cucas Vitiaceri, ainda no Caminhos de Pedra, experimentar a verdadeira cuca do sul do país (totalmente diferente da que temos aqui no Rio de Janeiro). O lugar é uma gracinha e é possível também fazer um piquenique ao ar livre nos jardins da casa fechando um pacote com uma cesta com pães, cucas, frutas, geleias e frios. No pacote é oferecido também um edredom impermeável e almofadas. Os jardins me pareceram meio pequenos para disfrutar de privacidade nesse piquenique, mas não cheguei a ver ninguém lá fora no dia, então não sei como eles acomodam os clientes nesses casos. 

Às sextas e sábados o Hotel Spa do Vinho convida vinícolas locais para fazerem uma degustação para um pequeno número de hóspedes, em dois horários, mediante reserva. A degustação é gratuita e a minha impressão é que a degustação é voltada para os melhores vinhos das casas. Por exemplo, em um dos dois dias a vinícola convidada era a Miolo e a degustação no hotel foi totalmente diferente daquela que acontece na vinícola, que acabamos visitando no último dia e fazendo nova degustação, dessa vez com vinhos mais simples. Como na degustação do Hotel não são aceitas crianças, aproveitei da companhia dos meus pais (obrigada, vovó e vovô!) para dar uma escapadinha e participar.

Leia também:
Miolo: visita guiada x minicurso de degustação

O jantar no Leopoldina foi outra escolha certeira, mas nem preciso falar sobre ele pois tem um relato completíssimo da experiência feito pela Jackie nesse post aqui.

Bento Gonçalves com criança: Dia 3

Como vocês puderam ver, tentei mesclar em cada dia passeios mais voltados para adultos (degustações) com aqueles para crianças, priorizando sempre lugares kids friendly. Então o roteiro do sábado envolvia uma visita à Vinícola Alma Única, aonde me apaixonei por todos os vinhos e reabasteci minha adega (não se preocupem, pois é possível comprar no local e pedir para entregarem na sua casa, sem você ter que carregar nadica de nada), e um almoço (e degustação) na Vinícola Dal Pizzol, parte da Rota das Cantinas Históricas.

Meus pais: uma delícia viajar com a família completa

A Dal Pizzol é um lugar incrível para se visitar com crianças. Ela não é só vinícola, com a possibilidade de se degustar os vinhos da casa e de comprá-los, mas tem também um EcoMuseu da Cultura do Vinho e, em especial, um parque com um gramado enorme, lago e bichos soltos. Fomos em um dia nublado, então o lugar estava bem vazio, o que foi ótimo para podermos aproveitar o Piccolo Piacere tooooodo só para nós. Esse é um espaço no meio da natureza em que se pode degustar um vinho ou um espumante e fazer um lanchinho, tudo acompanhado dos pequenos que podem se esbaldar ao ar livre. O dia foi tão agradável, que nos deixamos aproveitar a companhia e toda a tarde no local, voltando para o hotel no final do dia e deixando uma lista de outros lugares para visitar em uma próxima oportunidade. 

Vista do quarto do Spa do Vinho

Bento Gonçalves com criança: Dia 4

Assim como fizemos na ida, optamos por tornar nossa volta mais confortável, além de aproveitar nossa estadia no maravilhoso Spa do Vinho até o último momento. Por isso, passamos a terceira noite no hotel e no dia seguinte tomamos seu delicioso café antes de pegar a estrada para Porto Alegre. Embarcamos em nosso vôo de volta o Rio na hora do almoço e chegamos em casa no início da tarde descansados e cheios de novas memórias em família. 

Família sorrindo em Bento Gonçalves

Gostou da idéia de viajar com criança?
Veja outros destinos com pequenos aqui

Mais posts sobre o Vale dos Vinhedos

Espero que tenha gostado deste conteúdo, que foi produzido com cuidado e carinho para você. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. Agradecemos muito o seu apoio!



Publicado por Mariana Jardim

Mãe de 2 meninos incríveis e de 3 boxers (um dos quais virou estrelinha), casada, bailarina por hobby e advogada por profissão. Carioca, criada no Grajaú, ama comer e beber (seja em casa, em um bom boteco ou em um restaurante estrelado), planejar uma viagem e ouvir boa música.

outros artigos de Mariana Jardim »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.