Aluguel de carro com bebê: como fazer com a cadeirinha

por Jackie Mota 09.ago.2018

Nós amamos road trips e ficamos animados quando agendamos nossa primeira viagem nesse estilo com nossa filha, Maria Sophia, com 1 aninho de idade na época. O nosso roteiro era pela Riviera Maia e, como em tantas outras vezes, decidimos alugar um carro. Mas para nossa estréia com bebê na carona, surgiu uma grande dúvida: como fazer com a cadeirinha de bebê? Esse item de segurança obrigatório, e do qual jamais abriríamos mão, foi um dos que mais consumiu tempo de pesquisa à época da compra do enxoval. Fizemos questão de uma cadeira confortável e com todas as certificações de segurança para o nosso dia a dia. Mas, como fazer durante uma viagem, com um carro alugado? Bom, fui pesquisar quais eram as opções neste caso e compartilho abaixo o resumo dos meus achados, bem como a nossa experiência após a viagem. 

Família com bebê na piscina de borda infinita na praia Playa del Carmen

Road trip pela Riviera Maia com bebê: como fazer com a cadeirinha para o carro?

Aluguel de carro com bebê: como fazer com a cadeirinha

Se você vai viajar em um carro alugado com seu bebê, você tem três opções para garantir a segurança dele com o uso da cadeirinha de segurança.

  • A primeira opção é você levar sua cadeirinha, despachando-a no aeroporto. Esse transporte pode estar ou não incluso no seu bilhete aéreo – no nosso vôo, com a American Airlines, poderíamos levar a cadeirinha + um carrinho, sem custo . No nosso caso, no vôo com a AA estava incluso para o bebê um carrinho + uma cadeirinha de carro, sem nenhum custo. Caso não esteja incluso, você pode checar quanto custa o volume adicional pro seu bilhete.

Uma das maiores vantagens dessa opção é ter a SUA cadeirinha com você, aquela à qual a criança já está acostumada e na qual você confia. Nós, por exemplo, temo uma Graco All in one Rosin (o modelo foi descontinuado, equivale a esse) que recomendo muito. Ela é muito bem avaliada em níveis de segurança e a minha filha sempre ficou muito bem nela, parecendo bem confortável. Usamos desde recém-nascido e poderemos usar como booster no futuro.

Outra vantagem é o custo zero, no caso de ter direito a despachar.

Bom, o contra dessa opção é o trabalho de levar o trambolho (o troço é enoooorme!) até o aeroporto e depois de volta. Outra vantagem é o custo zero, no caso de ter direito a despachar. Outro ponto negativo é a possibilidade da companhia aérea danificar a cadeira. Uma solução é comprar um modelo mais barato só para levar em viagens. Nós pagamos US$ 250 na nossa cadeira e ela custa cerca de R$ 2 mil no Brasil. Chegar aqui com ela danificada seria um perrengue e um prejuízo. 

  • A segunda opção é alugar a cadeirinha junto o carro

A vantagem nesse caso é a comodidade de não ter que carregar nada.

Já o que me deixava insegura nessa opção era que eles simplesmente poderiam não ter uma cadeira disponível na hora do nosso check in, já que pelo site essa possiblidade é informada. Nesse caso, nós teríamos que sair do aeroporto sem cadeirinha, o que me deixava desconfortável. Outra questão é que eu não sabia da qualidade da cadeirinha. Pelos sites na hora d fazer a reserva não informam a marca e muito menos modelo da cadeira. E, claro, minha filha também poderia estranhar a cadeirinha e fazê-la ficar lá poderia ser um estresse. Outro ponto negativo também é o custo. Pela internet encontrei um custo de US$ 5,40 por dia em média. Então, gastaríamos uns US$ 60 dólares com esse equipamento nessa viagem.

  • Uma terceira opção é alugar uma cadeirinha com uma empresa de material para maternidade. Em Cancun achei dois sites de aluguel de equipamentos como berços, cadeirinhas, carrinhos e brinquedos.

As vantagens são saber qual a marca e modelo do equipamento e ter certeza da disponibilidade dele. 

Uma desvantagem era ter que agendar a entrega, ficar sujeito a atrasos, desencontros ou ter que sair do aeroporto sem a cadeirinha. Outro ponto contra era o custo é um pouco maior que com a empresa de aluguel de carro. Em um dos sites o preço diário era US$ 15 e US$ 75 pela semana e em outro site  cobravam US$ 10 por dia, mas faziam pacotes por uma semana por US$ 50. Os sites em que pesquisei foram a Baby Rental Cancun e a Baby Gear for rent. A marca das opções era a Graco, a mesma que usamos.

bebê em cadeirinha em carro alugado com espelho retrovisor

O espelho retrovisor para o motorista ver o bebê nós levamos daqui do Brasil. Foi ótimo ter levado. O problema foi que esquecemos por lá =(

Nossa experiência com aluguel de carro com bebê 

Nossa opção acabou sendo alugar tudo junto. Superei a insegurança da incerteza em vez de arriscar danificar minha própria cadeirinha. Como contei no post com dicas de viagem à Riviera Maia, alugamos um Nissan Sentra, modelo de carro que adorei, pela National através da Rental Cars – o R6omulo contou neste post todos os detalhes para alugar o carro com economia. A cadeirinha que eles nos entregaram era da Graco também, o que me deixou mais tranquila.

No entanto, apesar de confiar na segurança da cadeirinha, o conforto desse modelo não tinha como ser comparado ao da nossa cadeirinha própria. Acredito que o modelo que usamos tenha sido o Graco Affix Youth Booster Seat. Esse modelo de cadeirinha é para crianças acima de 30 libras de peso (13 kg), ou seja, é direcionado a crianças maiores. Como Sophia já tinha 1 aninho de idade, era o modelo indicado para ela, estava tudo correto. No entanto, um modelo convertible all-in-one como o nosso acomoda muito melhor nossa pequena e tem uma grande vantagem: é reclinável. Lembro de Sophia dormir uma vez e eu ficar com dó de como era desconfortável não poder deitar o assento.

Bebê em cadeirinha em carro alugado em viagem internacional

Sophia na cadeirinha do carro alugado: modelo da Gracco para bebês com mais de 12 meses

A cadeirinha não chegou a ser um problema porque fizemos apenas trechos curtos no carro. Não ficávamos horas e horas seguidas na estrada. Então, se em uma próxima road trip fizermos longos trechos em carro, creio que optarei por ou levar a nossa ou alugar um modelo que eu conheça com mais conforto para nossa filha.

Por fim, não se esqueça de comprar um seguro viagem para você e suas crias. Faça uma cotação com a Real seguros, nosso parceiro.

E aí, ficou com alguma dúvida? Tem alguma dica para famílias viajando com bebê em carro alugado? Deixe um comentário e vamos nos ajudar a viajar cada vez melhor com nossos pequenos.  

Veja nossos outros posts sobre a Riviera Maia

Espero que tenha gostado deste conteúdo, que foi produzido com cuidado e carinho para você. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. Agradecemos muito o seu apoio!

  • Seguro de viagem com os melhores preços: compre com a Real Seguro Viagem – e pague em até 6 x sem juros!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Pingback: Road Trip: roteiro de 5 dias em Minas Gerais com Inhotim

  2. Pingback: Riviera Maia com bebê: Todas as dicas para você visitar o México em família

  3. Pingback: Dirigir no México: dicas para alugar carro e enfrentar as estradas com segurança

  4. Pingback: Como é voar com bebê pela American Airlines

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.