10 dicas para facilitar sua vida na Rússia

por Jackie Mota 17.dez.2014

Ainda estou aqui em Moscou (e amando!), mas já preparei uma pequena lista de dicas que facilitam a vida de nós turistas brasileiros aqui na Rússia. Sim, é um país com uma língua completamente diferente da nossa, com outro alfabeto, quase ninguém fala inglês mesmo, agora é inverno (por aqui começa oficialmente em 1º de dezembro) e já chegamos a pegar sensação de -19º e quase todo dia alguém me dá uma “bronca” em russo. Mas, por outro lado, o transporte é tão surrealmente eficiente, as igrejas tão de contos de fadas, os locais tão cheios de histórias e a cultura tão diferente da nossa e interessante que valeria a pena viajar por aqui mesmo se fosse muito mais difícil do que realmente é.

Meu roteiro por aqui incluiu Moscou e São Petersburgo e as duas cidades são muito, mas muito diferentes entre si. São Petersburgo é muito mais amigável para o turista ocidental, com placas no nosso alfabeto (incluindo nas estações de metrô) e muita gente falando inglês nos serviços, além de muitos turistas nas ruas. Já Moscou não tem quase nada no nosso alfabeto e realmente ninguém fala inglês nas ruas e lojas – e eu comprovei isso quando me perdi do meu grupo em uma bela manhã de dezembro =)

Bom, aí seguem 10 dicas em que eu pensei logo após meus primeiros dias por aqui. Se me lembrar de mais alguma coisa, atualizo o post. Qualquer pergunta é só deixar nos comentários.

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Catedral do Sangue derramado, São Petersburgo

1. Decore o alfabeto cirílico

Vou repetir: decore o alfabeto. Sério. Direi mais uma vez: decore o alfabeto. Entendeu, né? Pois é, é mesmo imprescindível aprender pelo menos o alfabeto caso você esteja viajando para além de São Petersburgo. Mesmo com um bom tradutor você precisa pelo menos saber “ler”, especialmente as estações de metrô. Então aprenda o alfabeto para saber, por exemplo, que o “C” tem som de “S” e aí quando você estiver procurando a estação “Смоленск”, por exemplo, e ouvir algo como “Smolensk”, a terá encontrado.

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Estação de metrô em Moscou. Entendeu?

2. Você não precisa de visto

Esteja preparado para ser perguntado na imigração russa, ou ao pegar seu vôo de outro país para cá, sobre o seu visto. Cidadãos da europa precisam de visto para entrar na Rússia e eles pressupõem que nós, brasileiros, também precisamos. Então se você notar o fiscal da imigração folheando seu passaporte à procura e algo, pode ser o visto. Caso te perguntem, informe que a Rússia não requer visto de cidadãos brasileiros. Aposto que eles farão cara de surpresa (risos), mas é isso mesmo. Enfim, é bom saber disso para não ficar nervoso na imigração à toa.  

3. Baixe o aplicativo do metrô de Moscou

A melhor forma de se locomover em Moscou é de metrô. As composições passam a todo instante (li no site deles que o intervalo mínimo é de 1,5 minuto) e além de quase 200 estações em várias linhas, eles são mega eficientes e fizeram uma linha circular central que conecta todas as linhas. Então use mesmo o metrô, mas para se achar, baixe um aplicativo. Tanto no sistema Android quanto no IOS há vários disponíveis, mas o que mais gostam é o Yandex Metrô. Ele tem o mapa da rede, te permite gerar um rota escolhendo ponto de partida e chegada e ainda vai atualizando sua posição ao longo da viagem. É gratuito e está disponível para IOS e Android.

dicas viagem russia moscou são petersburgo

Tela do aplicativo Yandex Metro com as linhas de Moscou

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Uma das estações de metrô de Moscou

Em São Petersburgo também há metrô e bem mais fácil de usar, por ter muita sinalização em Inglês e também por ser menor. Mas também há aplicativos para ele. que podem ser úteis.

4. Não use roaming 

Ter acesso à internet o tempo todo aqui é uma maravilha, pois me permite consultar informações em inglês ou português mesmo na rua. Mas não precisa habilitar o roaming da sua internet brasileira. É possível usar wi-fi em muitos locais e um deles é, justamente, o metrô. A rede fica disponível quando você entra em um vagão. Você seleciona, pede para conectar e seu celular irá abrir uma página no navegador para você autorizar a conexão. Aí basta clicar no botão laranja, não precisa fazer o cadastro. Caso não abra automaticamente uma página no seu navegador (acontece sempre comigo no Iphone), basta você digitar no navegador um endereço russo (por ex: google.ru) e clicar enter que o navegador te direciona para a página de autorização.

Além do metrô, qualquer restaurante, café, shopping por aqui tem wi-fi e, caso você queria comprar um chip, é bem barato. Como eu estou trabalhando daqui comprei um chip com internet (e alguns minutos para falar) e, além de ser super rápida (4G mesmo, né) custou 500 rublos pro mês (uns R$ 25).

5. Igrejas não são para sentar

Se você estiver andando na rua e quiser descansar um pouco, não decida visitar uma igreja. As igrejas russas são católicas ortodoxas e nelas, normalmente, não há bancos ou há apenas alguns poucos. Durante os serviços religiosos, os fiéis permanecem de pé.

dicas viagem russia moscou são petersburgo

A inocente em frente da Catedral de São Basílio: lá dentro nem dava pra sentar e também estava frio, já que ela é mais aberta”

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Catedral do Cristo Salvado, Moscou

6. Demonstre respeito

Ainda sobre as igrejas ortodoxas: em sinal de respeito, mulheres devem permanecer com a cabeça coberta, mas os homens devem retirar chapéus, bonés etc dentro de igrejas. Sei que deve haver ainda algumas outras regras de comportamento, pois em São Petersburgo assistimos a uma serviço religioso e uma senhorinha pediu ao Rômulo que tirasse as mãos do bolso, por exemplo. Então lembre (e isso vale para qualquer local religioso que você visite no mundo) que a igreja é uma atração turística para você, mas é um local de culto para outros e procure seguir o comportamento dos locais.

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Amor, amor

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Um clássico das piadas internas dessa viagem: vamos ao pectopah? É restaurante, em russo (a pronúncia é rrrrrestorãn, mais ou menos)

7. Prepare-se para o calor em viagens

É normal em locais de clima frio ter que retirar casacos ao entrar em locais fechados, por causa do aquecimento. Mas nos meios de transporte de longa distância daqui é um outro nível. Se você tem uma viagem de avião, ônibus ou trem, vá preparado para se despir. Os russos usam muito aquecimento, muito mesmo nesses meios. Eu passei muito calor nas primeiras viagens e quase passei mal de verdade no trem de Moscou a São Petersburgo até aprender e me preparar indo com um casaco bem quente, mas com roupas “de baixo” mais leves e que eu pudesse usar apenas elas durante o trajeto.

8. Tire os sapatos

Se você for visitar algum russo, tire os sapatos ao entrar na casa dele. É um costume por aqui e eles levam super a sério e não entendem por que isso é uma questão para a gente. O negócio é: logo após a porta, tire os sapatos. Normalmente eles têm pantufas e chinelinhos para oferecer às visitas.

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Um dos arranha-céus de Stalin, conhecidos em inglês como 7 irmãs. Esta é a universidade. Para chegar lá, metrô

9. Coma em uma stolovaya

Moscou não é uma cidade barata (quer dizer, agora com o rublo em queda livre, está menos cara) e, além disso, por aqui não tem menu em inglês em todo lugar. Então uma solução para entender o que está pedindo e pagar barato é a stolovaya. Para a gente é como um restaurante sela-service. É o mesmo esquema. Você pega uma bandeja e vai passando pelos balcões de comidas e pegando o que quer. A vantagem, de cara, é escolher o que vai comer vendo o prato na sua frente e não um nome “desenhado” no cardápio. O preço aqui não é por quilo e, sim, por porção que você pegar.

A stolovaya é um tipo de restaurante que surgiu durante o regime soviético, servindo uma comida padronizada. Por isso, ainda hoje, mesmo tendo sido modernizadas, os preços neste tipo de casa costumam ser mais baixos que em restaurantes comuns. A minha stolovaya preferida aqui em Moscou é a que fica dentro do shopping GUM, bem na Praça Vermelha, centrão turístico de Moscou, a Stolovaya nº 57. O shopping é lindo e cheio de lojas de marcas caras, mas a nossa refeição lá, pegando várias porções diferentes, bebidas e sobremesa (veja na foto) saiu por cerca de 500 rublos (uns R$ 25). Na Rua Arbat (a Old Arbat), que é outro local bem turístico aqui, existem duas filiais de outra stolovaya, o My My (se diz MuMu e tem uma vaquinha na frente). Stolovaya no alfabeto cirílico é Столовая.

dicas viagem russia moscou são petersburgo

A Stolovaya nº 57, dentro do GUM

dicas viagem russia moscou são petersburgo

Corredor com as opções de porções para escolher

dicas viagem russia moscou são petersburgo

Minha humilde bandeja: tudo isso por menos de 500 rublos. Duas sopas (sim, sou dessas), frango kiev com purê, bebida e sobremesa

10. Homem paga

Aqui na Rússia a tradição do homem pagar a conta é muito forte. Segundo meu amigo e amigos dele que conheci por aqui, não existe nem discussão. Se um cara convida uma moça para sair, ele pagará tudo. Ouvimos histórias engraçadíssimas por conta desse costume envolvendo brasileiros solteiros saindo com russas. Então, se você vem sozinho e topar com uma russa que queria levar para sair, vá preparado para bancar a conta dos dois.

dicas viagem russia são petersburgo moscou

Ah, o céu de Moscou – Foto dentro do Kremlin

ORGANIZE SUA VIAGEM

Espero que tenha gostado deste conteúdo, produzido com cuidado e carinho. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Ao utilizar nossos links, você gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. E você não paga nada a mais. Agradecemos muito o seu apoio!

 

  • SEGURO VIAGEM: É obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen, além de países como Cuba e Venezuela. Altamente recomendável em caso de gravidez, já que seguros de cartões de crédito não cobrem grávidas, práticas de esportes radicais e outros casos. Os gastos com atendimento médico no exterior podem ser exorbitantes! Nos EUA uma internação diária pode custar cerca de US$ 2 mil e um parto vaginal e sem anestesia em 2018 custa mais de US$ 32 mil. O seguro também te auxilia com imprevistos como cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Para encontrar o plano mais adequado para sua gravidez leia esse post. E para garantir o melhor preço pesquise na Real Seguro Viagem, onde você pode pagar em até 6 x sem juros, e na Seguros Promo, onde você pode usar o cupom VIAJESIM5 e ganhar 5% de desconto. E você ainda tem MAIS 5%OFF para pagamento via boleto. Compre já e economize!

PROMOÇÃO: 10% de desconto nos seguros para viagens com início ou término entre 18 de dezembro de 2018 e 4 de fevereiro de 2019.
É só utilizar o cupom FERIAS na Seguros Promo!



Publicado por Jackie Mota

Uso minha formação em jornalismo e minha experiência organizando as viagens da minha própria família para escrever posts didáticos e detalhados para poupar o SEU tempo. Nos meus textos você encontra informações práticas apuradas com responsabilidade e organizadas de acordo com as necessidades do viajante. Referências histórias e análises sobre a política e impactos do turismo também estão presentes no meu trabalho para que você viaje bem informado, seguro e consciente - sou especialista em Relações Internacionais e Mestre em Estudos Estratégicos da Segurança Internacional.

outros artigos de Jackie Mota »

Comentários

  1. Valter Daniel
    23 set 2017

    Jackie,
    Poderia nos fornecer informações sobre a compra de um ( Pass ) que dar direito à usar todos os meios de transportes de Moscou.
    Valter

  2. Valter Daniel
    23 set 2017

    Parabéns pelo Blog, é completo.
    Estou indo para a Copa do Mundo, mas os comentários que os russos não falam inglês é generalizado, é verdade?
    Sou Mineiro, sabe de algum conterrâneo que mora em Moscou e que nos poderia orientar melhor, já que a nossa base será na capital russa.
    Valter

  3. RUTURISMO
    23 maio 2017

    A agencia RUTURISMO convida você a conhecer o maior país do mundo! Aproveite o período de temperatura agradável e venha visitar a Rússia!
    Oferecemos Serviços: de guias-acompanhantes; recepção no aeroporto; reservas em hotéis e outros.
    Planejaremos sua futura viagem para Rússia! Entre em contato para conhecer mais dos nossos pacotes. Contatos: ru.turismo@yahoo.com

  4. Cleide
    16 abr 2017

    Olá, Boa noite!
    Como não é comum o inglês pela região, você acha que podemos viajar pra lá sem saber falar inglês?

  5. arquimedes
    27 jan 2017

    Olá jackie tenho uma amiga russa que quer vir para o Brasil mas eu
    acho que ela não tem o dinheiro para a passagem é muito caro a
    passagem da russia para o Brasil fiquei na duvida se empresto a grana
    a ela ou não valeu adorei seu blog

    • 28 jan 2017

      Arquimedes, para saber quanto custa a passagem depende da data, do local de saída, companhia. Use um site buscador de passagens. Por exemplo, os sites Zupper, Trivago, Skyscanner etc. Eu não tenho como te dizer quanto custa.
      Abs,

      • arquimedes
        09 ago 2017

        Grato vou verificar.

  6. Val
    23 dez 2016

    Olá!

    Por acaso vc conhece em São Paulo ou no Rio, alguma agência de turismo que forma pequenos grupos para viagem a Moscou e San Petersburgo? Algo com guias locais que possam te levar a museus, te levar assistir uma apresentação de show no Bolshoi, etc.?

    Antecipadamente agradeço sua ajuda!

    Val

  7. Fátima
    27 ago 2016

    Oi Jackie
    Estou indo em outubro para a Polônia e outros países. Minha viagem termina em São Petersburgo, que vou a partir de Helsinque. Gostaria de saber se o seguro viagem do tratado de Schengen serve aí ou se tenho que fazer um especial.
    Obrigada e parabéns pelo blog. Amei
    Fátima

  8. Roberta Naffah
    21 jun 2016

    Olá!
    Você pode me passar dicas de passagens do Brasil (RJ) para a Rússia (as melhores companhias aéreas conexões e com menos stress) e lugar para hospedar (hostels ou hotel mais barato).
    Estou planejando uma viagem sozinha.
    E sobre valores a gastar? 🙂

  9. Isabel
    07 fev 2016

    Gostaria de saber se é verdade que alguns hotéis ficam com seu passaporte( li num blog e achei estranho).
    Vc acha que é tranquilo então ir pra lá mesmo no inverno ?
    Obrigada.

    • 10 fev 2016

      Oi Isabel, nao ouvi falar disso e não podem fazer isso nao. Jamais deixe seu passaporte com ninguém, ele é seu documento no exterior. Guarde-o onde vc se sinta mais segura, ou andando com vc ou no cofre do hotel (nos levamos sempre conosco).
      Eu acho tranquilo sim, desde que vc se agasalhe corretamente, irá aproveitar e ter uma verdadeira experiência russa =)
      bjs,

  10. armando cruz
    02 out 2015

    Eu li seu blog, e me interessei por comprar um chip para internet.Onde vc. comprou o chip?Foi facil encontrar um lugar que vende o chip.Poderia passar para nos onde vc. comprou?

    • 21 nov 2015

      Oi Armando, comprei dentro de um supermercado, tinha umas lojinhas, tipo uma galeria, dentro do espaço, e uma delas era de telefone. Foi so apontar e falar algumas palavras em inglês =)
      bjs,

  11. Thais
    03 fev 2015

    Oie….
    Estou indo para Moscou na sexta e queria saber se é verdade que no interior dos lugares é quente demais (aquecedor). Tem que tirar todas as camadas de roupa?
    beijos e obrigada.
    Thais

  12. 03 fev 2015

    Oie…. estou acompanhado sua viagem!!! Que delícia.
    Me tira uma dúvida, é verdade que em Moscou e São P. o interior dos lugares são quentes demais? Tem que tirar as camadas de roupa?
    Estou indo para lá na sexta e fiquei com essa dúvida, pois minha mãe foi em Novembro e disse isso. Mas ela é muito calorenta…hehehe. Queria outra opinião.
    Beijos e obrigada.

    • 08 fev 2015

      OI Thais, vou ter que concordar com sua mãe, viu? rs Eu comentei isso nesse post, que em especial em trens e aviões achei quente DEMAIS. Em lojas etc é quente, mas suportável. mas nos meios de transporte é demais rs. abs e boa viagem!

  13. Pri Iglesias
    19 dez 2014

    Texto e fotos mto legais, Jackie!
    bj

  14. 18 dez 2014

    Oi Jackie, conheci seu blog há cerca de 6 meses e já virei fã. Você escreve muito bem, detalha tudo com tanto carinho que me faz viajar junto.
    Estou organizando uma viagem pra Escandinávia e pensando em inlcuir um pulo em São Petersburgo. Você acha que 3 dias por lá são suficientes? Vc pretende fazer um roteiro esperto da cidade? Obrigada!

    • 19 dez 2014

      OI Jo, muito obrigada pelo comentário =)
      Olha, vou postar sim, mas ja te adianto que acho ótimo esses 3 dias, especialmente se vc for no verão, que os dias rendem bastante. Claro que vc não vai ver tuuuuudo da cidade, mas né, a gente pode morar anos num lugar sem vr nada. Enfim, com 3 dias você vê o básico sim. Ficamos 4, mas no inverno, em que os dias rendem pouco.
      Inclua sim S. Piter porque a cidade é um sonho, viu?
      beijos!

      • 19 dez 2014

        Obrigada pela resposta Jackie. A ideia é ir no verão sim. Um dos meus grandes sonhos é conhecer o Hermitage.

        Vcs são um encanto! Sigo também o Insta e adoro as fotos! Parabéns mais uma vez e Feliz Natal nessa experiência “lonely” européia! Um 2015 muito feliz pra vcs!

      • 19 dez 2014

        Obrigada, Jo! Que ano que vem tenha MUITOS post aqui pra vc ler =)
        beijocas e ótimo fim de ano!

  15. claudio roberto
    17 dez 2014

    voces sao turistas muito loooucos, estou impressionado , as dicas sao demais valiosas. logo tirarei mais algumas dúvidas. continuem se divertindo , até mais …

    • 17 dez 2014

      Oi Cláudio, que nada, somos tão normais rs Que bom que gostou das dicas. Obrigada pelo comentário!
      abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.