A rede social mais útil que você vai encontrar

Eu sou uma grande entusiasta da internet e, por consequência, das redes sociais. Já aluguei um apartamento (e quem passou por isso sabe que é uma tarefa árdua) pelo Twitter, fiz e tenho amigos feitos no Orkut e uso bastante outras redes como Instagram (já segue?). Mas todo mundo também sabe que às vezes essas redes podem ser grandes consumidores de tempo. A gente pula de status em status e quando vê lá se foram horas. Esse foi um dos motivos, por exemplo, que me fizeram deletar meu perfil pessoal do Facebook. Eu queria voltar a ler mais livros e achei que poderia usar esse tempo. E o que eu mais gosto, que é acompanhar páginas de blogs, eu faço pelo perfil do blog.

Pois outro dia eu ouvi falar de uma rede social centrada justamente no tempo e com uma idéia muito bacana que é promover a troca de tempo e de experiências entre os usuários. Funciona assim: você faz seu perfil e recebe automaticamente 5 TimeMoneys, que é a “moeda” da rede. Depois, você lista as suas habilidades, o que você pode oferecer, que pode ser algo que você faz profissionalmente ou como hobby. Então, por exemplo, você pode oferecer ensinar um instrumento musical, passear cachorros, montar roteiro de viagens, ensinar a usar um programa de computação, sua companhia para um passeio, qualquer coisa! Você precisa informar qual o seu nível naquela atividade – Calouro, quando você é iniciante no que está oferecendo; Na estrada, se tem um nível intermediário; e Veterano, se for profissional. Depois você escolhe quantas horas, entre 1 5, destas atividades você disponibiliza para troca. Cada hora de uma atividade vale 1 TimeMoney.

Captura de Tela 2014-08-27 às 19.23.40

Aí é só você começar a interagir, já que já que começa com um banco de 5 TimeMoneys. A rede tem mecanismos de busca e você pode procurar quem oferece por palavra-chave, distância de você ou encontrar pontos de troca e também dá para buscar por quem procura e se oferecer para doar seu tempo, tanto pessoas quanto ONGs. Quando você encontra oportunidades de troca tem a opção de enviar perguntas para tirar dúvidas. E também pode publicar avaliação dos serviços que você utilizar.

Captura de Tela 2014-08-27 às 19.24.16

A rede chama-se Bliive (lê-se como believe, acreditar em inglês) e foi criada por uma brasileira de apenas 23 anos, Lorrana Scarpione, que queria mostrar que existe valor sem dinheiro e também dar o mesmo valor a todas as pessoas. Eu achei a idéia sensacional. Além de uma forma de conseguir fazer atividades que você talvez não tivesse dinheiro para realizar, pode ser legal para conhecer coisas novas ou tirar do papel sonhos antigos, como começar a pintar ou fazer uma dança, mas, especialmente, muito útil para praticar o colaborativismo.

Em entrevista à revista Época, Lorrana listou as ofertas que ela achou mais diferentes: “Tem gente que ensina a coreografia do Single Ladies, a pular corda como o Rocky Balboa, tem gente que oferece para arrumar a bagunça do quarto. Tem uma que eu achei muito interessante que era alguém oferecendo uma opinião de um terceiro desinteressado – todo mundo da família e dos amigos já tem uma opinião formada, ou seja, ele estava oferecendo uma opinião com imparcialidade”.

Captura de Tela 2014-08-27 às 19.25.11

Eu já criei meu perfil na rede, mas ainda não fiz nenhuma troca. E você, o que acha da idéia?

Cresceu no interior de Minas, sempre cercada de livros. Desde criança tem uma alma antiga. Encontrou no Rio o amor da sua vida, com quem ama viajar e se casar (again and again). É mãe de dois buldogues, Maquiavel e Foucault, jornalista e mestre em Estudos Estratégicos.

2 Comments on A rede social mais útil que você vai encontrar

  1. Camila Navarro
    27 de agosto de 2014 at 21:13 (4 anos ago)

    A rede social eu não conhecia, mas o Eduardo já tinha me falado de um site com essa proposta que ele achou muito bacana. Talvez seja o mesmo! Fico achando que eu não tenho muitas habilidades e pouca coisa a oferecer, mas vou me cadastrar lá para ver se pinta uma inspiração. 😉

    Responder
    • Jackie Mota
      28 de agosto de 2014 at 12:33 (4 anos ago)

      Deve ser essa mesmo, pois eu já tinha visto uma matéria também sobre ela antes de ler na revista época, mas ainda era somente para convidados, por isso só fiz o cadastro bem depois, quando abriu pra todo mundo. O que eu achei bem legal é que vc pode oferecer qq coisa. Vc pode se oferecer pra arrumar o armário de alguém, dar uma aula profissional ou apenas: ouvir. Sim, dá pra oferecer uma hora de conversa rs
      E, pô, você pode falar sobre mil coisas, de viagens, vegetarianismo, pode oferecer pra ensinar suas receitas deliciosas veganas, indicar livros, ih, já pensei em tanta coisa pra vc rs
      beijos,

      Responder

Leave a Reply