A casa de quem viaja: Helô

Cresceu no interior de Minas, sempre cercada de livros. Desde criança tem uma alma antiga. Encontrou no Rio o amor da sua vida, com quem ama viajar e se casar (again and again). É mãe de dois buldogues, Maquiavel e Foucault, jornalista e mestre em Estudos Estratégicos.

9 Comments on A casa de quem viaja: Helô

  1. Camila Navarro
    28 de agosto de 2014 at 12:33 (6 anos ago)

    A casa da Helô é tão linda! Cada objeto parece ter um significado especial! Já eu tenho uma certa dificuldade para conciliar o meu perfil minimalista com a minha vontade de espalhar lembranças de viagem pela casa. Tô adorando essa série e aposto que vou me inspirar por aqui. 😉

    Responder
    • Jackie Mota
      28 de agosto de 2014 at 12:35 (6 anos ago)

      Também achei a casa da Helô lindona! Espero que tenha boas inspirações, Camila. Eu postei ontem no instagram uma menina que forrou o fundo de um quadro com um mapa, e colocou fotos em cima. Achei bem bonito e fácil de fazer. Daqui a pouco tem mais gente aqui na seção.
      beijos!

      Responder
  2. Nah - Pra Ver em Londres
    26 de agosto de 2014 at 1:41 (6 anos ago)

    Que legal ver a casa da Helô aqui.
    Eu já tive o prazer de conhecer por dentro (é realmente uma delícia!) e não tinha observado alguns detalhes (porque me sinto muito bisbilhoteira quando fico “encarando” as coisas das casas dos outros. haha). :)

    Responder
    • Jackie Mota
      26 de agosto de 2014 at 19:12 (6 anos ago)

      hahahah sei como é.
      =)
      bjs,

      Responder
  3. Marla Rodrigues
    25 de agosto de 2014 at 22:02 (6 anos ago)

    Que lindeza as coisinhas da Helô!
    E é incrível mesmo, cada detalhe, cada bibelô, cada globinho tem um monte de história pra contar! Acho que é como ela falou, a gente se sente abraçada pelas lembranças felizes!

    Responder
    • Jackie Mota
      25 de agosto de 2014 at 23:18 (6 anos ago)

      É verdade, Marla.
      Obrigada pela visita!
      bjs,

      Responder
  4. Paula Brum
    22 de agosto de 2014 at 18:36 (6 anos ago)

    Esse post lembrou a série 52 objetos do Básico e Necessário, pois curtia muito as histórias que envolviam os objetos da Helô. Agora, além das histórias, muito de seu bom gosto. Adorei o estilo e o carinho da viajante com suas lembranças. BjO!

    Responder
    • Jackie Mota
      24 de agosto de 2014 at 13:51 (6 anos ago)

      Essa série é o máximo mesmo. Um beijo e obrigada pelo comentário, Paula.

      Responder

Leave a Reply