Seguro de viagem para grávida: como escolher o mais adequado para você

Uma providência fundamental para se viajar durante a gravidez, seja para uma babymoon ou para fazer enxoval do bebê, é comprar um seguro de viagem para grávida. No entanto, é preciso estar atento a diversos detalhes na hora da compra para garantir de fato sua cobertura e tranquilidade e, para isso, só mesmo muita pesquisa, lendo cada apólice disponível no mercado. Mas calma, você não precisará ter esse trabalhão todo porque neste post eu, que fiz toda essa pesquisa no final de 2016 antes de embarcar para nossa babymoon, trago um resumão organizado para facilitar a sua escolha! Veja abaixo todos os detalhes, leia os motivos da nossa escolha e veja a nossa indicação de seguro, o Travel Ace Maximum, da Travel Ace.

Seguro de viagem para grávida: como escolher o mais adequado para você

Seguro de viagem para grávida: para relaxar na sua babymoon | Foto: Caleta Buena, Girón, Cuba

Veja aqui como comprar seu seguro viagem para gestante da Travel Ace

Mas quem é essa grávida que vos fala?

Se você está chegando agora ao Viaje Sim!, prazer, eu sou a Jackie, casada com o Rômulo e esperando nosso primeiro serumaninho – já somos pais de dois buldogues! Eu sou jornalista e escrevo sobre viagens e na nossa primeira viagem grávidos eu estava com cinco meses completos (22 semanas de gestação). Minha gestação é de feto único e eu tive liberação para voar da minha obstetra. Nós viajamos para três países diferentes: Cuba, Estados Unidos e México. Aproveite e pegue as dicas para sua babymoon aqui 😉   

Eu sempre compro meus seguros pelo site da Real Seguro Viagens, um comparador de preços que é parceiro do blog. Você coloca os seus dados e as informações da viagem e ele te mostra os seguros disponíveis nas 10 maiores seguradoras do país com seus respectivos preços. Isso te poupa tempo para achar o seguro mais em conta.

Se você usar meu link e comprar qualquer seguro do site, você não paga nada a mais e eu recebo uma comissão. A gente agradece, pois isso ajuda a manter o Viaje Sim! independente.

Se você não quiser ler todo esse post, eu resumo aqui para você: depois de muito pesquisar, escolhi e usamos o seguro Travel Ace Maximum, da Travel Ace. A mesma seguradora tem outros produtos com as mesmas características para gestantes, apenas com coberturas de menor ou maior valor, como Travel Ace Master, Travel Ace Best ou Travel Ace Value. Compre por esse link ou confira o passo a passo para comprar aqui.

Dito isso, vamos ao resumão!

dicas-de-viagem-para-cuba-babymoon-em-cuba-playa-larga-2

Como escolher o seguro de viagem para grávidas adequado para você?

  • Esqueça o seguro gratuito do cartão de crédito

A primeira coisa que você precisa saber quando vai começar a pesquisar seguro de viagem para grávida é que não adianta solicitar aquele seguro gratuito do seu cartão de crédito. O seguro emitido pelas bandeiras para quem adquire a passagem com o cartão não cobre gestantes. Portanto, coloque aí no seu orçamento a compra do seguro, pois você precisará mesmo comprar um. E, aliás, fica aqui um alerta: esse tipo de seguro, geralmente, também não cobre atividades como esqui, mergulho etc. Leia sempre a apólice para não ter surpresas desagradáveis!

 

  • Descobrindo quem atende gestantes

O segundo passo é descobrir quais seguradoras têm apólices para gestantes, pois até mesmo algumas grandes empresas do ramo não têm produtos para esse público. Na minha pesquisa encontrei as seguintes empresas com coberturas para gestantes: Travel Ace (que foi a que escolhemos), World Nomads, GTA, Vital Card, Mondial Assistance, Assist Card e Afinity Seguros.

Pessoalmente, eu indicaria neste ponto descartar empresas desconhecidas ou muito locais. Isso pesou pra gente. A Travel Ace faz parte de um grupo internacional, está presente em 150 países com sua equipe de profissionais, conta com rede própria em diversos destinos e disponibiliza email, linhas de telefone e também um app para atendimento.

  • Qual a sua idade gestacional?

Ok, a empresa trabalha com gestantes. Hora de ver se ela cobre o seu período de gestação. No nosso caso esse item não pesou nessa primeira viagem, pois eu estaria ainda com 25 semanas na volta, mas será um fator importante na próxima viagem grávida agora em janeiro. Eu optei, de qualquer forma, por um seguro que cobrisse o máximo de tempo, o que farei novamente. Prefiro garantir que, caso aconteça algo e eu precise estender a estadia, eu esteja coberta. A Travel Ace cobre gestantes até a 34ª semana de gestação. GTA e Vital Card cobrem gestantes até a 32ª semana. A Afinity cobre gestações até a 28ª semana. A Mondial Assistance e a Assist Card cobrem apenas até a 26ª semana. A World Nomads não cobre gestações com menos de 3 meses e nem acima de 6 meses, ou seja, só cobre o segundo trimestre.

Seguro de viagem para grávida: como escolher o mais adequado para você

Barriga ainda discreta aos quase 6 meses de gestação

  • Muita atenção: complicações da própria gravidez estão cobertas? 

Agora é preciso que você preste muita atenção: o tipo de cobertura oferecida. O seguro que escolhemos, da Travel Ace, oferece assistência médica para complicações decorrentes de gravidez. Eu sei, parece redundância se eu disse que ela cobria gestantes né? Pois não é, não! Se você ler com atenção algumas apólices descobrirá que o seguro até cobre situações que afetem a gravidez, mas apenas se eles tiverem sido causados por acidentes. Se uma complicação ocorrer sem um acidente “causador”, você não estaria coberta. Um exemplo é a World Nomads, que exclui a cobertura de “gravidez, o parto ou o aborto e quaisquer complicações ou consequências decorrentes da gravidez, do parto ou do aborto, exceto quando diretamente decorrente de acidente pessoal coberto”. Por isso, repito ser tão importante ler direitinho as regras do seu seguro.

  • Limites para idade da mãe

Esse item não me afetou, pois tenho 33 anos, mas quase todos os planos que pesquisei informam um limite de idade de 40 anos para a mãe. Apenas na Vital Card não encontrei essa informação sobre o limite, portanto, se você tem mais de 40 anos, sugiro checar com a companhia antes de comprar. A Real Seguros também vende seguros da Vital Card.

  • Valor da cobertura

Esse item é super importante, mas ao mesmo tempo é uma decisão pessoal em que pesa, bastante, o destino para onde você vai viajar. Vamos aos detalhes.

A grande maioria dos seguros de viagem têm coberturas de 30 mil euros (os direcionados à Europa, especialmente, pois você obrigatoriamente necessita de um seguro nesse valor mínimo para entrar na área Schengen) e muitos, para outros destinos, são de US$ 10 mil. Agora, pense comigo: se uma simples diária de internação nos EUA custa em média US$ 2 mil, quanto você acha que pode ser a conta para  uma complicação na gravidez ou um parto prematuro? Um caso famoso é o de uma grávida canadense que, em viagem ao Havaí, deu à luz prematuramente e teve seu recém-nascido internado. A conta disso? US$ 1 milhão! Por isso, na minha opinião, apesar de existirem seguros com coberturas de US$ 30 mil, US$ 40 mil, gestantes devem investir no valor mais alto que puderem bancar.

Outro detalhe a prestar atenção é que alguns seguros, apesar de um valor contratado total maior, limitam um valor específico, bem menor, para gastos com eventos relacionados à gravidez. É o caso da GTA (US$ 10 mil para gravidez) e Vital Card (US$ 15 mil).

Com essas características de cobertura que já detalhei, a Travel Ace tem produtos com coberturas de até US$ 1 milhão, caso do Travel Ace Best. Nós usamos o Travel Ace Maximum, com cobertura de US$ 300 mil. Outros produtos para gestante da mesma empresa são o Travel Ace Value (cobertura de US$ 80 mil); Travel Ouro (cobertura de US$ 40 mil); Master (cobertura de US$ 40 mil); Master basic (cobertura de US$ 25 mil); Diamante (cobertura de US$ 65 mil); Tourist (cobertura de US$ 12 mil). Todos esses produtos você consegue comprar na Real Seguros.

Seguro de viagem para grávida: como escolher o mais adequado para você

Tranquilos, no México

  • Quanto vai custar o seguro?

O preço do seu seguro vai depender do valor da cobertura oferecido, destino e duração da sua viagem. No nosso caso, seriam 3 países – Estados Unidos, Cuba e México – por 23 dias. O Travel Ace Best, por exemplo (cobertura de US$ 1 milhão), ficaria bem pesado pro nosso orçamento, por isso ficamos com o Maximum e também cogitamos o Value. Para saber quanto custaria um seguro para você, faça uma cotação na Real Seguros. Coloque destino e datas de viagem e você verá o preço final de todos esses produtos, mais o de outras 9 companhias, todas de uma vez na mesma tela.

Para você ter uma idéia de preços, para nossa viagem em janeiro de 2017, para a Europa, com duração de 2 semanas, o Best está saindo a R$ 901; o Maximum por R$ 613,56; e o Value por R$ 377.

  • Certifique-se

Organizei nesse post todas as informações que busquei por serem minhas dúvidas minhas quando chegou a minha vez de viajar grávida, mas se você tem outras dúvidas, se sua gestação já teve complicações ou você tem uma condição pré-existente que favoreça complicações, não hesite: entre em contato com a seguradora e certifique-se de que você está coberta no plano que você pretende comprar. É muito importante ter certeza da sua cobertura, por isso, pergunte tudo e informe tudo que ache relevante para a seguradora.

Seguro de viagem para grávida: como escolher o mais adequado para você

Primeira parada da nossa babymoon, em Cuba

Agora, veja aqui um passo a passo de como comprar seu seguro de viagem para gestante da Travel Ace ou vá direto ao site da Real Seguros para fazer sua compra.

Dúvidas? Deixe um comentário e tenha uma ótima viagem! E não deixe de marcar a gente na sua foto com seu barrigão pelo mundo lá no Instagram.

Espero que tenha gostado deste conteúdo, que foi produzido com cuidado e carinho para você. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Quando você usa nossos links, gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. Agradecemos muito o seu apoio!

  • Chip de celular internacional para internet e/ou dados Easy Sim 4u;

Fotosinspiradoras?

3 Responses to “Seguro de viagem para grávida: como escolher o mais adequado para você”

  1. Tatiana 12 de janeiro de 2017 at 21:32 #

    Ah! Aguardando os outros posts, em especial os do enxoval! hehe

  2. Tatiana 12 de janeiro de 2017 at 21:31 #

    Amei o post! Super me identifiquei! Estou às voltas com o seguro neste momento, pois irei aos EUA no final do mês, com 31 semanas.
    Viajei com meu marido para a África do Sul mês passado e não me preocupei tanto porque o câmbio lá nos favorece e estava com menos semanas, então fechei o da Vital Card mesmo. Mas para os EUA são outros quinhentos, né…
    Obrigada pelas informações mastigadinhas!! =]

    • Jackie Mota 12 de janeiro de 2017 at 21:34 #

      Oi Tatiana, que bom ter seu feedback. Eu fiquei muito cheia de duvidas na época em que tive que comprar o meu e pensei que outras pessoas poderiam ter a mesma dúvida. Eu pensei exatamente como vc: Estados, outros quinhentos. Ou mil, 10 mil, 100 mil hehehe cedinho de gastos com saúde por lá.
      Vou postar ainda essa semana sobre o hotel em que ficamos. O do enxoval eu to organizado ainda pq tem muuuuita coisa, acho que vai dar um livro hehe
      bjs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *