Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas

Tenho certeza que depois de ver aqui  os posts sobre os passeios e os restaurantes de Porto de Galinhas e de ficar sabendo que o lugar tem uma rede hoteleira super completa pra te atender, você já está querendo marcar logo sua viagem pra lá, não é? Pois calma, que ainda não te dei uma informação muito importante nos dias atuais: Porto de Galinhas é considerado o destino turístico mais seguro do Brasil. Ótima notícia que só agrega ainda mais um atrativo a esse lugar de natureza deslumbrante. Abaixo organizei então dicas práticas para você organizar sua viagem a Porto de Galinhas 

Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas

Curiosidade: de onde vem o nome Porto de Galinhas?

O nome Porto de Galinhas tem uma origem bem triste. No começo, o lugar era chamado de Porto Rico, pois era abundante em pau-brasil. Foi no auge da escravidão que o nome foi mudando: o porto passou a receber grande parte do tráfico ilegal de escravos do Nordeste. Ok, mas o que galinhas tem a ver com isso? Era uma senha: as galinhas-da-angola vinham em cima e os escravos escondidos embaixo, aí quando alguém falava que ia chegar um navio de galinhas, os contrabandistas em terra já sabiam que vinha uma leva de escravos (nem vamos entrar no mérito do absurdo da escravidão, mas não podemos esquecer que isso foi outro dia, há pouco mais de 100 anos. Chocante, né?).

Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas Artesanato Porto de Galinhas - galinhas

Artesanato de Porto de Galinhas

Bom, mas Com o tempo, os moradores trabalharam para ressignificar esse nome de origem tão triste. E nessa história quem tem um papel especial é um artista chamado Carcará, que trabalha com reutilização de materiais e tem suas obras espalhadas por todos os cantos da vila: todas as galinhas na frente de lojas na calçada são do Carcará e foram feitas com raízes de coqueiros que morreram. Conversado com o artista,você percebe como o trabalho dele tem essa preocupação sustentável, outra característica bem forte na história recente de Porto de Galinhas, aliás. O destino vem investindo de verdade na manutenção dos seus atrativos ecoturísticos. Alguns projetos que conheci durante minha viagem, que contam com o apoio da Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas, por exemplo, foram o Projeto Hippocampus, de preservação de espécies da região como tartarugas e cavalos marinhos, a ONG Eco Associados e o Armazém Sebrae.

 Dicas práticas para sua viagem a Porto de GalinhasPasseio de Buggy - Muro Alto - vista de cima

Praia do Muro Alto

Como chegar a Porto de Galinhas

Porto de Galinhas fica no município de Ipojuca, a 70km de Recife pela Rota do Atlântico, rodovia reformada e mais segura. Para chegar até Recife você pode voar. Eu embarquei em São Paulo com a Azul Linhas Aéreas, que apoiou esta viagem e tivemos um vôo bem tranquilo. Chegando no aeroporto de Recife, há algumas opções para seguir viagem:

  • Ônibus de linha – com ar-condicionado, mais rápido e ligeiramente mais caro ou sem ar-condicionado, um pouco mais lento e ligeiramente mais barato. Consulte mais detalhes sobre as linhas nesse post detalhado do Turista Profissional.
  • Táxi – Lembre-se que são 55km do aeroporto, então a corrida deve sair entre R$ 150 e R$ 200 com bom trânsito.
  • Carro alugado – uma boa ideia para quem viaja em grupo ou família, pois o aluguel diário fica cerca de R$120 e acomoda com conforto 4 pessoas. Mas atenção ao limite de velocidade e lembre-se que tem pedágio no caminho!
  • Receptivo – foi o transporte que usei e é uma maneira muito tranquila de ir. Fomos com a Luck Receptivos e achei o motorista super responsável, além de uma opção muito confortável, pois pude descansar durante o trajeto. Com a Luck, o preço começa em R$ 79 por pessoa.

O trajeto aeroporto-Porto de Galinhas dura cerca de uma hora com trânsito bom e sem paradas.

 Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas Jangada no rio Maracaípe - jangada ancorada

Jangada ancorada no Rio Maracaípe

Onde ficar em Porto de Galinhas

Porto de Galinhas tem uma hotelaria excelente, com opções para todo tipo de orçamento e gosto. Eu me hospedei no Tabaobí Smart Hotel, na praia do Cupe e contei todos os detalhes neste post. Neste outro texto eu mostro outras excelentes, e bem variadas, opções que foram testadas e aprovadas por outros blogueiros de viagem.

Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas Tabaobi­ - Piscina

Minha hospedagem: Tabaobí Smart Hotel, na Praia do Cupe. Hotel novinho, confortável e com um preço super atraente

O que fazer em Porto de Galinhas

Outro ponto positivo de Porto de Galinhas é que o destino oferece muitas opções de atividades. Para quem quer apenas chegar, fazer check-in e não sair mais do mesmo lugar, se hospedar em um dos renomados resorts irá garantir uma agenda de atividades variadas para muitos dias. Já quem quer descobrir cada praia do destino, pode rodar por lá de carro alugado ou contratar passeios nas agências locais, que te buscam direto no hotel. E quem curte esportes tem opções como mergulho, paraglider, stand up paddle, surf etc. Para te ajudar a conjugar tanta opção de passeio – os detalhes dos 5 passeios imperdíveis você pode ler aqui – eu organizei um roteirinho de dois dias abaixo:

Sugestão para um roteiro de 2 dias em Porto de Galinhas

Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas Restaurante João - piscina

Restaurante João: culinária regional, piscina e vista à beira mar

Dia 1

Manhã: Passeio de buggy de Muro Alto a Maracaípe

Almoço no Restaurante João e relaxar na rede ou na piscina do restaurante

Depois do almoço: Passeio de jangada no Pontal de Maracaípe

Voltar para o hotel, tomar um banho e aproveitar um pouco do seu hotel

Final de tarde: Ir para a vila de Porto de Galinhas

Jantar no Beijupirá num clima pra lá de romântico

Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas Beijupirá - queijo coalho flambado

Jantar no Beijupirá, em Porto de Galinhas

Dia 2

Manhã: Passeio de jangada nas piscinas naturais

Almoço no Peixe na Telha com a vista linda da praia

Depois do almoço: Passear pela praia

À tarde: Conhecer o projeto Ecoassociados, que cuida e conscientiza sobre a desova das tartarugas marinhas

Jantar no Barcaxeira

E dá para fazer muito mais combinações assim, viu? Leia aqui minhas indicações de locais maravilhosos para comer em Porto de Galinhas.

Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas Jangada nas piscinas naturais - pessoas andando nas piscinas naturais

Jangada nas piscinas naturais de Porto de Galinhas

Quando ir a Porto de Galinhas

Porto de Galinhas tem um tempo quente quase o ano inteiro. Os meses mais chuvosos, tradicionalmente, são junho e julho. Mas você sabe que o clima é imprevisível. Durante minha viagem, em junho de 2016, só choveu durante 1 dia. Mesmo assim, o tempo é quente e é possível aproveitar a cidade. O mais importante para decidir a data da sua viagem é consultar a tábua das marés, pois o grande atrativo de Porto de Galinhas, as piscinas naturais, brilha mesmo é com a maré baixa. A maré alta faz com que as piscinas fiquem cobertas de água, o que tira o efeito “uau” do passeio.  Para decidir o dia da sua viagem, e também o dia e hora do seu passeio quando você estiver por lá, já que a maré varia ao longo do dia (é o mesmo que acontece em Maragogi, como já explicamos aqui), é só consultar a tábua das marés.

Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas Passeio de Buggy - Maracaípe - praia 2

Praia de Maracaípe, Porto de Galinhas

Estendendo sua viagem

Uma viagem a Porto de Galinhas pode, facilmente, incluir passeios a outros destinos próximos tendo o destino como base. A Luck Receptivos, por exemplo, oferece city tours a Recife e Olinda – recomendo deixar um dia para cada visita, porque apesar de ser uma cidade coladinha da outra, tem muita coisa pra se ver em cada uma – e também passeios para Praia de Carneiros, Maragogi, Cabo de Santo Agostinho e outros.

 Leia também: Tabaobí Smart hotel em Porto de Galinhas

Opções de hotéis para todo tipo de viajante em Porto de Galinhas

Onde comer em Porto de Galinhas

5 Passeios imperdíveis em Porto de Galinhas 

Carol Kina representou o Viaje Sim! na press trip promovida por Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau Azul Viagens, com apoio da Associação de Hotéis de Porto de Galinhas.

Também participaram desta viagem os blogs Viagens Cinematográficas,Turista ProfissionalMaior Viagem e Papo de Turista, as revistas Viaje Mais Viver Brasil e Dimensão e os sites Catraca Livre e GPS Brasília.

Espero que tenha gostado deste conteúdo, que foi produzido com cuidado e carinho para você. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Quando você usa nossos links, gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. Agradecemos muito o seu apoio!

  • Chip de celular internacional para internet e/ou dados Easy Sim 4u;

Fotosinspiradoras?

Trackbacks/Pingbacks

  1. PressTrip para Porto de Galinhas – Carta sem Portador - 27 de julho de 2016

    […] Dicas práticas para sua viagem a Porto de Galinhas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *