Lua de mel no Chile – Hotéis

 

Em nossa lua de mel nós ficamos em dois hotéis, no Orly e Ritz Carlton. Fizemos essa opção após ler em um blog que o preço do Ritz em Santiago (único na América Latina) era bem inferior ao dos outros hotéis da rede no mundo. Então, pensamos: é uma chance única de ficarmos num Ritz com uma tarifa dentro do nosso orçamento.

Pesquisamos e descobrimos que o hotel tem um Pacote Romance, no estilo dos pacotes de núpcias aqui do Rio. Suíte junior, early check in, late check out, café da manhã no quarto ou no restaurante, um jantar, champagne e decoração especial com pétalas de rosas. E o preço? Muito mais em conta que uma noite dessas num hotel aqui do Rio (por exemplo, no Hotel de Santa Teresa). Mais que o dobro do outro hotel em que ficamos, o Orly, um quatro estrelas sobre o qual falaremos mais à frente. Mas a “diária” valeria por duas, pois entraríamos no sábado de manhã e só sairíamos no domingo à noite. Poderíamos jantar e ir direto pro aeroporto, fazer freeshop com calma e esperar o vôo que era de madrugada. Decidimos fechar!

Valeu a pena? Sim, muito! O Ritz fica em Alto Las Condes, um bairro bem bacana, nem tão turístico, mas com muitos shoppings, bons hotéis, residências e até metrô. Por fora ele já é lindo, mas por dentro, uou, que show de decoração. O estilo, claro, é clássico (abaixo foto da entrada). O serviço é sem igual. Nossa, fomos tratados como reis.

Ao chegar no quarto nos deparamos com uma champagne no gelo nos esperando e uma cartinha do hotel nos desejando feliz lua de mel. Assinada à mão. Essas coisas fazem a diferença né? O quarto é maravilhoso! Marido ficou encantado e fez um vídeo enorme mostrando tudo. Ficamos num andar bem alto, com vista para as cordilheiras. Uma sala super confortável, um quarto que não dava vontade meeeesmo de sair, um closet e um banheiro de filme. E as amenities? Gente, roupões e chinelos mais felpudos ever (eles vendem no hotel por 150 mil pesos), shampoos e cremes da melhor qualidade, escovas de dente hiper macias, kits de costura e todos as coisinhas úteis que podíamos precisar.

 O quarto durante o dia
 O quarto à noite, já preparado pela camareira
 
 Vista do quarto: as cordilheiras ao fundo
Detalhes do banheiro

Achamos que fizemos a escolha certa em deixar para ir ao Ritz só no final da viagem. Chegamos na cidade na segunda-feira, cansados, passeamos vários dias, tínhamos ido esquiar, ou seja, no sábado estávamos exaustos. Então, deixamos sábado e domingo só para nos curtir, num lugar bem aconhegante. Foi maravilhoso e no domingo estávamos renovados.

 Detalhes da antesala da suíte
Bom, além do quarto maravilhoso, o hotel tem outros lugares legais para ir. No terraço tem um piscina, uma hidro e uma academia, além de uma lanchonete. Eles têm um spa também, com massagens e outros tratamentos.

Piscina e ofurô no Ritz

E no térreo há o restaurante maravilhoso Adra e dois bares.

Restaurante Adra

Então, no sábado nós fomos jantar no Adra. Esse jantar está incluído no pacote. Pedimos carpaccio de salmão (que estava muito bem temperado) e cubos de rosbife e champagne pra entrada. Para limpar o paladar o chefe nos ofereceu camarão com espuma. Nem comemos camarão, mas isso estava incrivelmente delicioso. Como pratos principais fomos de Cordeiro com batata e Confit de pato com risoto com champignon e molho doce e vinhos carmenére e sauvignon blanch. E para fechar Torta de mote com huesillos e “mil folhas” com baileys.  Um jantar inesquecível e ultra romântico, pois o restaurante é iluminado por velas.

 Jantar especial no Ritz: atendimento perfeito e cardápio também
No domingo descemos para tomar o café da manhã no Adra. Nesse dia da semana o café é mais um brunch. Muitas opções de pães (acho que 8), ovos, 3 tipos de salmão, tomate assado, champignons, mesa de frutas, iogurtes, cereais, frios, bebidas e geléias. Um luxo! Depois da comilança fomos aproveitar a piscina e a hidro. O hotel estava vazio. Algo mais perfeito para uma lua de mel?  Mais tarde pedimos o almoço/jantar no quarto: sopa de cebola gratinada (que infelizmente não agradou) e fettucini ao molho parmesão com um prosecco brut da Undurraga, uma vinícola chilena.

Update: Infelizmente o Adra fechou. Atualmente o Ritz Carlton tem três restaurantes em funcionamento no hotel, sob direção de um novo chef.

Olha, foi duro deixar esse hotel. Quando fomos fechar a conta, no piano do hotel um músico tocava Let it be. Amei! 

Reserve aqui o Ritz Carlton Santiago

O Orly
Ai, o Orly. Amamos esse hotel charmoso e que merece suas 4 estrelas. É claro que ele não tem o luxo do Ritz, mas tem um custo excelente pelo que oferece. A localização é a melhor possível. Em Providência, o bairro mais gostoso para turistas. Fica ao lado do metrô e na esquina da avenida Providência, com muitas opções de restaurantes, lanchonetes, farmácias, casas de câmbio e serviços. Perfeito pros dias em que se quer passear muito e comer algo rápido.

O hotel é pequeno e muito, muito charmoso. O quarto é pequeno também, mas a cama é maravilhosa, grande e maciiiia toda vida. O banheiro é bem grandão e tem aquecedor próprio – e isso, acreditem, é muito legal quando se vai pra lá no inverno. Também oferecem wi-fi grátis e computadores para uso dos hóspedes.

O café da manhã é uma delícia em todos os sentidos. Primeiro, porque a comida é muito gostosa e tem opção para todo mundo:  pães, bolos salgados e doces, tortas, biscoitos, cereais, frutas, ovos e bebidas variadas. E depois porque há um jardim de inverno fófis toda vida onde perdíamos a noção do tempo.

Quarto do Orly

Café da manhã
 Espaços do hotel no térreo

O Orly também conta com um bistrô gostosíssimo no térreo e oferece a opção de serviço de quarto. Consideramos esse hotel um dos melhores negócios que já fizemos em termos de hospedagem porque a diária nele, quarto queen, custou cerca de 130 dólares. Ele é exatamente como visto nas fotos em seu site.

No próximo post sobre a viagem falaremos sobre as estações de esqui.

Reserve aqui o Orly

Reserve seu hotel em Santiago e todo o mundopelo melhor preço com nosso parceiro Booking

Todos os posts da Lua de Mel:
O primeiro dia
Comida
A Centolla em vídeo
Como e onde esquiar
Vinícolas
Viña del Mar e Valparaíso
Atrações
Compras
Roteiro para 7 dias

Fotos: Arquivo pessoal

Espero que tenha gostado deste conteúdo, que foi produzido com cuidado e carinho para você. Posso te pedir uma coisa? Ao organizar sua viagem, utilize os links abaixo. Todas as empresas e serviços indicados foram testados pessoalmente e são as opções que usamos. Quando você usa nossos links, gera uma pequena comissão para a gente, o que nos ajuda a manter o blog e estimula o nosso trabalho. Agradecemos muito o seu apoio!

  • Chip de celular internacional para internet e/ou dados Easy Sim 4u;

8 Responses to “Lua de mel no Chile – Hotéis”

  1. Lucas 11 de fevereiro de 2015 at 12:59 #

    Ola, parabens pelo site e muito obrigado pelas dicas?
    vou casar dia 08/08/2015, gostaria de saber com posso reservar um pacote lua de mel no chile.

    abraços.

  2. Camila Julião 15 de agosto de 2014 at 9:45 #

    Jackie, to amando suas dicas !!! Parabéns pelo casamento e pela linda lua de mel !!!
    Eu e meu noivo estamos pensando em passar nossa lua de mel em Santiago, vamos casar em abril de 2016.
    Só fiquei triste pq não vamos conseguir esquiar…rs… a estação de esqui só abre em junho né ??
    Mas td bem, tem mta coisa linda pra aproveitar por lá.
    Uma pergunta: Vcs reservaram os hotéis pela companhia aérea mesmo???

    Obrigada !Bjo

    • Jackie 16 de agosto de 2014 at 23:25 #

      OI Camila, tudo bem? Parabéns pelo casamento.
      Nós reservamos os hotéis diretamente com eles, tudo separado. Passagem emitimos com milhas, pela TAM, e os hoteis reservamos direto, pela internet.
      beijo,

      • Camila Julião 18 de agosto de 2014 at 8:10 #

        Obrigada Jackie !!!!

  3. Rosemery Fernandes 29 de junho de 2014 at 16:44 #

    Jackie, esse ano vamos a Santiago e a Montevideu tô qui sugando tudo que for possível do blog e foi baseado nele que também reservamos o Orly, não vamos em lua de mel, mas sou bem chata com relação a hotel, tento n economizar muito mas tb n gastar rios na escolha.

    Obrigada por dividir suas experiências

    • Jackie 29 de junho de 2014 at 17:58 #

      Vc vai gostar do Orly. É um ótimo custo-benefício!
      bjs,

Trackbacks/Pingbacks

  1. Lua de mel no Chile - roteiro por dia - Viaje Sim! - 5 de julho de 2014

    […] I: temos vários posts aqui no blog sobre nossa lua de mel, divididos por assunto (O primeiro dia; Hotéis; Comida; A Centolla em vídeo; Como e onde esquiar; Vinícolas; Viña del Mar e […]

  2. Lua de mel no Chile - vinícolas - Viaje Sim! - 25 de janeiro de 2013

    […] A empresa faz passeios para as as vinícolas. Todos os posts da Lua de Mel: O primeiro dia Hotéis Comida A Centolla em vídeo Como e onde esquiar Viña del Mar e Valparaíso Atrações Compras […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *